segunda-feira, 30 de maio de 2016

Quadrinhos na Confraria: Capitão América, um traidor


Quadrinhos na Confraria
Capitão América, um traidor

O Capitão América não é quem pensávamos. Esta notícia caiu como uma bomba sobre os fãs da Marvel e de um de seus maiores ícones – Steve Rogers/Capitão América.

A revista Steve Rogers: American Captain #1, lançada no último dia 26 de maio, nos Estados Unidos, inaugurou um arco novo e estrondoso arco assinado pelo roteirista Nick Spencer, com arte de Jesus Saiz. Neste arco descobre-se que o Capitão América fora um agente infiltrado da Hydra desde sempre. Esta descoberta foi perturbadora já que o Capitão América, defensor da justiça, sempre representou tudo de valoroso que havia na humanidade enquanto a Hydra seria seu completo antônimo, diretamente ligado ao nazismo.


Tão logo a revista foi lançada e as críticas e debates começaram e os executivos da Marvel, para atiçar ainda mais is fãs, declarou que este é sim o verdadeiro Steve Rogers, sem a possibilidade de ser um clone, um ser de outra realidade, um impostor ou estar tendo sua mente controlada.

Quando você decide fazer algo como isto, você entende que as pessoas não vão fazer uma festa. Você entende que este é o tipo de história que irá magoar as pessoas, causar choque e deixar os fãs preocupados. É o tipo de resposta que você deve ter quando algo assim acontece, quando você está vendo algo ruim. Então, sim, é o tipo de resposta que eu esperava, mas em termos de magnitude e o quanto as pessoas estão reclamando, é algo surreal. Ultrapassou qualquer expectativa que eu tinha. Em termos de magnitude e o quanto as pessoas estão reclamando, é algo surreal”, declarou Nick Spencer ao Daily Beast.

As reações foram tão extremadas que inclusive ameaças de morte foram feitas à ele. Mas isso não o assusta, levando o caso com muito profissionalismo – “Eu penso que isto vem do fato de que este é um personagem bastante popular, principalmente após os filmes. É óbvio que ele representa muita coisa para muita gente. Eles investiram suas emoções no personagem, o que é algo bom. A pior coisa que poderia ter acontecido seria ver as pessoas indiferentes ou aceitando isso tranquilamente”.

Ele acrescenta que o arco não foi algo construído para destruir a imagem do personagem que acompanha a editora quase que desde a sua fundação, ainda nas primeiras décadas do século XX - “Veja, todo mundo que está trabalhando nesta história é fã do Capitão América, todos nós amamos o personagem. Eu sei que isso não é o que parece. Mas esta história é editada por Tom Brevoort, alguém que sempre protegeu o legado do personagem. Ele não me deixaria fazer algo que manchasse o legado do Capitão. É sempre complicado quando estamos neste ponto da história porque não podemos dizer aos fãs: ‘Tudo vai ficar bem!’. Porque, certamente, nem sempre é o caso. Mas eu penso que posso dizer de forma confiante que este é o caso com esta história. Nossa intenção e nossa esperança é fazer, de uma forma única, algo que reforce o que todo mundo sabe sobre o Capitão América, o poder que ele tem, o símbolo que ele representa. Estamos indo por um diferente ângulo, mas isso irá iluminar o personagem de uma forma que nunca vimos antes.

Esta primeira edição do Capitão América mostra flashbacks da juventude do personagem ainda nos anos 20, quando sua mãe é abusada e uma mulher misteriosa presta ajuda. Esta mulher em questão é uma representante da Hydra, que acaba filiando Steve para suas forças. Somos trazidos ao presente com o Capitão América aparentemente assassinando Jack Flag e dizendo as palavras malditas – “Hail Hydra”.




As teorias dos fãs sobre o como e o por quê disto são muitas. Alguns spoilers foram apresentados mostrando algumas páginas da segunda edição, onde há a promessa de respostas. Nessas imagens temos o Capitão América, possivelmente em mais um momento de flashback, lutando contra o Caveira Vermelha pela posse do Tesseract (Cubo Cósmico). Em meio a luta o Capitão América arranca o braço do vilão no momento em que ele segura o poderosos artefato, sendo logo depois destruído pelo escudo do herói. A questão é – teria o Caveira desejado algo, já que o poder do Cubo Cósmico é atender desejos ou seria essa mudança um efeito da destruição dele?

A teoria que parece ser mais coerente com relação às essas mudanças foi construída pelo crítico de quadrinhos Brett White, onde ele declara que tudo deve girar em torno do Cubo Cósmico. Na recente mega-saga Stadoff fomos apresentados à Kobik, o Cubo Cósmico censciente. Na saga ela concedeu novamente os poderes de Steve Rogers, trazendo-o de volta à ativa. Quando isso aconteceu um outro personagem estava por perto - o barão Zemo. E foi justamente para Zemo que Rogers declarou lealdade à Hydra. Curioso, não?


Particularmente eu não tenho problema com este tipo de mudanças, elas sendo bem construídas e embasadas. Quem acompanha a Marvel como eu, à mais de trinta e cinco anos, sabe que nada é definitivo e poucas coisas acabam ficando imutáveis. Já vimos coisas semelhantes (embora não tão emblemáticas) com muitos dos queridinhos da editora como Homem-Aranha, Wolverine, Homem de Ferro, Thor, Jean Grey e tantos outros.


Paizo anuncia Starfinder: Pathfinder ganha as estrelas

Paizo anuncia Starfinder
- Pathfinder ganha as estrelas -


Este sempre foi um grande desejo da equipe de Pathfinder – ir para as estrelas. E agora, definitivamente, isto será possível. Tudo começou com o pontapé inicial dado por James Sutter, criando o sistema solar Golarian, em Pathfinder Adventure Path #14, e o expandindo um pouco mais no Pathfinder Campaign Setting: Distant Worlds e no Pathfinder Adventure Path #70: The Frozen Stars.

Agora isso se tornará uma realidade palpável.

Em agosto de 2017 será apresentado o Starfinder Roleplaying Game, um RPG verdadeiramente de fantasia científica centrado no universo de Pathfinder, embora totalmente independente. Seu principal ponto será que mesmo independente ele ainda é totalmente compatível. Ou seja, todos os bestiários, equipamentos, classes e raças pdoerão ser usados, além de toda uma gama de novas classes, raças, mundos e tudo mais que imaginarmos, além de todo o sistema solar de Golarian para ser explorado. O lançamento está marcado para a GenCon 2017.

Mas isso será só o começo. Aventuras serão lançadas no Starfinder Adventure Path de forma mensal, além do que for lançado nas edições mensais do Pathfinder Adventure Path costumeiros. O Starfinder Adventure Path contará com aventuras, novas regras, muitos monstros e muita informação relevante para suas aventuras e para enriquecer ainda mais o cenário golariano.


Uma dúvida que os fãs de Pathfinder podem ter é de como Stafinder se encaixa no universo de Pathfinder. O diretor Criativo John Shutter responde: “Simples: Starfinder está situado no sistema solar de Golarion, mas agora em um possível futuro - aquele em que os deuses foram misteriosamente levados para um local desconhecido. Em seu lugar, as culturas desse mundo têm evoluído e se espalhado por todo o sistema solar, especialmente em uma plataforma espacial gigante chamada Absalão Station. Dotado de acesso ao hiperespaço, os moradores do sistema encontram-se com a capacidade de viajar mais rápido que a luz, e a corrida é para explorar e colonizar potencialmente milhões de mundos. Mas há horrores lá fora na escuridão ...”.


Para melhorar ainda mais essa notícia,Shutter informou que Starfinder será lançado sob licença aberta, pois eles dessejam o máximo de suporte de terceiros (como eles mesmo dizem).


terça-feira, 24 de maio de 2016

Donjon - um ótimo gerador para RPG


Donjon - um ótimo gerador para RPG

Geradores são uma peça extremamente útil nas mãos de rpgistas e mestres. Atualmente temos muitos desses geradores, de mapas à encontros aleatórios, mas Donjon é um gerador diferenciado. Já apresentei aqui alguns geradores e até mesmo comentei rapidamente sobre Donjon sem nunca entrar a fundo. Hoje em dia ele não é mais nenhuma novidade e todo bom rpgista já deve ouvido falar nele.


Donjon é um gerador para variados sistemas (Pathfinder, AD&D, d20, D&D 4ª e 5ª edições, Microlite20 e outros) auxiliando o mestre em múltiplas funções. Ele gera desde simples nomes até mundos inteiros, passando por mapas (inclusive com os detalhes de cada sala e os monstros encontrados nelas), dados demográficos, gerador de produtos encontrados em lojas (inclusive de itens mágicos), calculadora de XP, além de listas de monstros, magias e tudo o mais que é muito útil aos mestres na hora do jogo. Ele é extremamente simples de ser utilizado e fácil de ser compreendido.


A melhor forma de você aprender à utilizá-lo e testando suas funções... é diversão garantida. Acesse AQUI e divirta-se.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Cinema na Confraria: primeiro teaserde A Bela e a Fera


Cinema na Confraria
Primeiro teaser de A Bela e a Fera

Mais um live-action da Disney está dando suas caras com o primeiro trailer de “A Bela e a Fera”. Com direção de Bill Condon (“O Quinto Poder” e “Sr Sherlock Holmes”) o filme trás a vida real os personagens do clássico da Disney em uma releitura. No elenco temos Emma Watson (a Herminone da franquia “Harry Potter”) como Bela; Dan Stevens (“O Quinto Poder”) como Fera; Luke Evans (“O Hobbit: a batalha dos cinco exércitos”) como Gaston; Ewan McGregor (“Star Wars: Episódio I”) como Lumiere; dentre muitos outros. A estréia será em 30 de março de 2017.

Dungeons (e mapas) para suas aventuras - 63


Tavernas

Tavernas são sempre ótimos lugares para um pouco de ação entre ou durante as aventuras dos grupos de heróis em nossas mesas de RPG. Sejam em estradas, sejam dentro de cidades, você sempre cruzará por alguma delas. Clássicos ambientes para início de aventuras, após normalmente serem abordados por algum velinho barbudo, elas também pode ser o lugar certo para reuniões secretas, um pouco de intriga ou mesmo algum acerto de contas. Mapas de tavernas não são tão complicados assim de serem criados pelo mestre rapidamente antes de um jogo... Mas por que não nos valermos de algum mapa diferente para ampliar nosso banco de dados pessoal de mapas? São quatro mapas de tavernas que eu estou trazendo para vocês usarem.
 
Aparentemente as tavernas têm as mesmas características. Elas são ambientes para descanso e alimentação tanto para viajantes em meio à longas jornadas, quanto para um simples momento de relaxamento após um longo dia de trabalho. Não importa se na beira de uma estrada ou no meio de uma pequena vila ou grande cidade, suas características são semelhantes.
 
Mas elas vão muito além disso, principalmente nos cenários de RPG. Tavernas são lugares onde pessoas vão pedir ajudar (o clássico clichê que amamos), onde senhores e nobres disfarçados aparecem para contratar corajosos aventureiros, onde clérigos vem pedir ajuda no resgate de itens mágicos, onde novos membros são encontrados e onde rixas são resolvidas, dentre tantas coisas. Quando em vilas e cidades as tavernas são pontos de encontro tradicionais dos moradores e o local onde “quase tudo” de importante acontece ou é decidido. Em resumo, um lugar perfeito.
 
Em questão de jogo elas são lugares muitas vezes pouco (ou mal) explorados pelos mestres. A estrutura das tavernas são mais do que uma cozinha e uma sala de refeições apenas. Quartos, dispensas, adegas, ante-salas, escritórios... e passagens secretas. Em cada ambiente uma possibilidade. Preocupem-se em usar todos eles de alguma forma para dar mais cor e veracidade à aventura. Por incrível que pareça ambientes secretos são muito mais fáceis de serem introduzidos nas aventuras do que ambientes usuais e passivos, mas mesmo assim eles merecem um cuidado. Coloquem easter eggs linkando pontos da aventura ou de aventuras diferentes dentro de uma mesma campanha. Estes detalhes são percebidos pelos jogadores que começam a dar muito mais valor ao ambiente que estão imersos.

Aproveitem os mapas.






domingo, 22 de maio de 2016

Cinema na Confraria: segundo trailer de Star Trek Beyond


Cinema na Confraria
Segundo trailer de Star Trek Beyond

Saiu o novo trailer Star trek Beyond, terceiro filme da franquia pela Paramount Pictures. Com ele temos muitas cenas e sequências novas que dão o tom da produção que, aparentemente, está impressionante. Na apresentação no trailer, hoje à noite, foi também anunciado que a estréia do filme será em 20 de julho, durante a San Diego Comic Con deste ano. No elenco temos Chris Pine (“Caminhos da Floresta”), Zoe Salddana (“Guardiões da Galáxia”), Zachary Quinto (“American Horror Story”), Karl Urban (“Dredd”), Anton Yelchin (“A Hora do Espanto”), Idris Elba (“Thor”), Simon Pegg (“Missão Impossível: protocolo Fantasma”), ente outros.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores: Repaginando as Princesas - Cinderela (cenário de fantasia)

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores
- Repaginando as Princesas -
Cinderela (cenário de Fantasia)


Nível de Poder: 10

HABILIDADES
FOR 12 (+1) DES12 (+1) CON 14 (+2) INT 12 (+1) SAB 14 (+2) CAR 16 (+3)

SALVAMENTOS
Resistência +2; Fortitude +4; Reflexo +3; Vontade +6.

COMBATE
Ataque +8, +10 [Espada]; Dano +1 [desarmado], +2 [facas de arremesso], +10 [Espada]; Defesa +8, Esquiva +6; Iniciativa +6.

PERÍCIAS
Blefar +8, Conhecimento [Tática] +4, Diplomacia +5, Intimidar +9, Intuir intenção +7, Notar +5.

FEITOS
Ambidestria, Arremessar aprimorado, Ataque defensivo, Ataque imprudente, Crítico aprimorado [espada] 2, Duro de matar, Equipamento 3, Especialização em ataque [espada], Inspirar, Quebrar arma, Tomar a iniciativa, Zombar.

PODERES
Dispositivo – Espada da perdição (x2) 6 [Fácil de perder – Feito: Restrito]
         Golpe 6 [Feito: Pujante]
Desintegrar 5 [Falha: Limitado/sem efeito em seres vivos; Alcance/Toque]

EQUIPAMENTO
Facas de arremesso (x3) [Bônus de ataque +1, Crítico 19/20, Descritor/perfuração]
Espada (x2) [Dados normais - Bônus de dano +3, Crítico/19-20, Descritor/corte]

TOTAL: 120
20 (habilidades) + 8 (salvamento) + 32 (combate) + 7 (perícias) + 15 (feitos) + 38 (poderes)

Editora Aleph lança livro sobre Han Solo

Editora Aleph lança
livro sobre Han Solo


Fãs de Star Wars.... podem começar a fazer festa! Está chegando o novo livro da franquia pela editora Aleph – “Star Wars: A Armadilha do Paraíso – o Livro I da trilogia sobre Han Solo. Uma das obras mais aclamadas pelos fãs de Star Wars desembarca em terras brasileiras em um anos que ainda teremos muitas novidades. Assinado por A. C. Crispin, a obra vem dentro do selo Legends.

“Depois de uma infância de maus tratos e abandono, o jovem Han Solo finalmente foge das garras de um grupo de contrabandistas para seguir seu sonho de se tornar um grande piloto. Mas a realidade de exploração e injustiça nem sempre é fácil de ser deixada para trás, e seu novo emprego em Ylesia, um retiro para peregrinos religiosos, revela não ser o paraíso que os sacerdotes anunciam. Han precisará de toda a sua malícia e a sua astúcia para sobreviver às armadilhas em seu caminho, sejam as de contrabandistas inescrupulosos ou as de falsos profetas e seus interesses escusos. Nesta clássica e aclamada trilogia, A. C. Crispin conta a história da origem de um dos mais cativantes personagens de STAR WARS, da infância de Han Solo a bordo de uma nave até o momento em que seu destino se cruza com o dos últimos Jedi da galáxia.”


Que a força esteja conosco!


quinta-feira, 19 de maio de 2016

Seriados na Confraria: Remake de MacGyver ganha teaser


Seriados na Confraria
Remake de MacGyver ganha teaser

Outra série que ganhou seu teaser foi o remake de MacGyver, pelo canal CBS. No elenco temos Lucas Till (o Destrutor de “X-Men: dias de um futuro esquecido”) como MacGyver; além de George Eades (“CSI”), Michelle Krusiec (“Hawaii Five-0”) e Addison Timlin (“Zero Hour”).

Seriados na Confraria: primeiro teaser da série de Star Trek


Seriados na Confraria
Primeiro teaser da série de Star Trek


Star Trek, um dos grandes ícones da comunidade nerd mundial, ganha o primeiro teaser para a série que irá estrear no canal CBS em 2017. Mesmo ainda não tendo um elenco escolhido o canal começou a divulgação do novo logo e do teaser para atiçar os fãs. Vamos aguardar novidades para breve.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Arquivo de Fichas: Mutantes e Malfeitores - Repaginando as princesas - Bela (cenário de fantasia)

Arquivo de Fichas Mutantes e Malfeitores
- Repaginando as Princesas -
BELA (cenário de fantasia)



Nível de Poder: 10

HABILIDADES
FOR 12 (+1) DES14 (+2) CON 14 (+2) INT 12 (+1) SAB 12 (+1) CAR 16 (+3)

SALVAMENTOS
Resistência +8; Fortitude +3; Reflexo +8; Vontade +2.

COMBATE
Ataque +8, +10 [corpo-a-corpo]; Dano +6 [desarmado]; Defesa +12, Esquiva +6; Iniciativa +6.

PERÍCIAS
Acrobacia +8, Arte da Fuga +7, Blefar +6, Escalar +5, Furtividade +6, Intimidar +8, Intuir intenção +6, Notar +4.

FEITOS
Ação em movimento, Agarrar preciso, Alvo esquivo, Armação, Ataque acurado, Ataque defensivo, Ataque dominó 2, Atraente 2, Avaliação, Blefe acrobático, De pé, Defesa aprimorada 2, Foco em ataque [corpo-a-corpo] 2, Fúria, Iniciativa aprimorada, Luta no chão, Rolamento defensivo.

PODERES
Golpe 5 [Feito: Pujante]
Proteção 6
Salto 3

TOTAL: 120
20 (habilidades) + 10 (salvamento) + 40 (defesa) + 9 (perícias) + 21 (feitos) + 20 (poderes)

terça-feira, 17 de maio de 2016

Seriados na Confraria: os primeiros 4 minutos de Preacher

Seriados na Confraria
Os primeiros 4 minutos de Preacher



O canal AMC lançou os primeiros 4 minutos de Preacher, adaptação dos quadrinhos, de mesmo nome criado por Garth Ennis, para a televisão. Em borá pouco tempo para assistir, percebi uma boa qualidade no que está sendo feito, com cuidados com a ambientação e cenário. O primeiro ponto positivo é que ela será direta e sangrenta como as Hqs. O trabalho do trio de diretores Evan Goldberg (“É o fim”), Seth Rogen (“A entrevista”) e Michael Slovis (“Breaking Bad”) parece estar no tom certo. Os dez episódios contaram no elenco com Dominic Cooper (o Howard Stark em “Agent Carter”), interpretando o pregador texano e protagonista Jesse Custer; Ruth Negga (“Agents of S.H.I.E.L.D.”), interpretando Tulip; Joseph Gilgun (“Misfits”), interpretando Cassady; Tom Brooke (“Os Piratas do Rádio”); Ian Colleti (“Rake”); Jake Earle Haley (“Whatchmen”); entre outros. A estréia será dia 22 de maio próximo!!! Confiram!!


Para quem não conhece: Preacher é uma série de HQs roteirizadas por Garth Ennis e desenhadas por Steve Dillon, lançadas pela Vertigo (selo da DC Comics) em 75 edições. A série conta a história de Jesse, um ex-pastor que está possuído por uma entidade sobrenatural chamada Gênesis, um fugitivo do paraíso. Essa entidade lhe confere o poder de que todos o obedeçam. Os anjos que perseguem Gênesis, para a enviá-la de novo para o paraíso, quando descobrem que ela está fundido à Jesse, passam a caçá-lo para matá-lo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...