quinta-feira, 31 de março de 2011

Colaboração d'O Bardo - Experiência

Não há como escrever nada que preste sem estar envolvido com o assunto, é uma crença pessoal, que nunca me deixou na mão. Partindo desta premissa, não teria como evitar o assunto dos RPGs eletrônicos esta semana. Aproveito meu espaço de colaboração aqui na Confraria para falar um pouco sobre a experiência adquirida em jogos.


Embora o assunto tenha surgido devido ao meu envolvimento nos últimos dias com um clássico da minha pré-adolescência, Diablo (o primeiro), pode ser aplicado a qualquer tipo de jogo, sobretudo no RPG de mesa, onde toda e qualquer vivência muda o modo de encarar a interpretação. Não entendeu aonde quero chegar? Eu explico com a situação que me refiro.

Depois de ver algumas notícias sobre Diablo III, resolvi procurar material para uma possível adaptação para RPG de mesa (já publiquei um n'O Bardo). Como acabei relendo toda a história do cenário do jogo, foi natural sentir aquela nostalgia e buscar os jogos antigos. Acabei escolhendo o primeiro título por ser o mais leve (e eu ter a imagem do CD no computador, é o jogo que instala mais rápido que eu já vi na vida).

Na minha lembrança o jogo era bastante desafiador, lembro que nunca tinha conseguido passar tranquilamente da primeira parte do jogo, o monastério (level 1 ao 5), sem usar trainers. Enfim, alguns anos depois de jogar pela primeira vez (eu tinha comprado em uma revista CD-EXPERT: Clássicos em 2003) consegui jogar em rede com uns amigos (naquela época já não existia protocolo ipx, o usado no multiplayer, naturalmente no Windows) e a experiência foi de dificuldade bastante grande.

Nos anos seguintes passei por uma infinidade de jogos, do RPG de mesa (que já jogava desde os 7 ou 8 anos) a Diablo II, passando pela série Worms, a série Age of Empires, Counter Strike, Resident Evil e tantos outros.

Voltando à atualidade, fui jogar Diablo I, e para a minha surpresa, o jogo estava bem mais fácil. O personagem continuava morrendo com 3 ou 4 golpes, mas eu não levava esses golpes mais. Dificilmente os inimigos conseguiam me encurralar. Percebi que muito da estratégia vinha de outros jogos. Descobri que na maioria das vezes resolvia ficar na frente das portas esperando os inimigos virem de um em um era melhor que ir estupidamente impetuosamente para o meio da sala e enfrentar todos os monstros. A estratégia hit-and-run dos arqueiros de Age of Empires foi a melhor maneira de aniquilar hordas de inimigos sem ser cercado. Não havendo para onde fugir, a melhor estratégia era se embodocar em um canto onde no máximo três inimigos podiam atacar por vez (estratégia que aprendi em Resident Evil 4). Acabei terminando o jogo em dois dias.

Aonde quero chegar com isso? Não apenas os personagens, mas os jogadores ganham experiência e evoluem. Todo e qualquer jogo, tanto eletrônico quanto de mesa lhe dará experiência para crescer. Não despreze aquele jogo que você acha que não gosta sem experimentar (e não, eu não vou jogar God of War, nem adianta argumentar), ele pode lhe dar boas vivências para o futuro.


Para ver as adaptações de Diablo, tanto quanto o download do jogo, e muitas outras coisas acesse:
As Crônicas do Bardo Acorde

Bena

Bestiário de Tormenta pronto

Um livro de bestas


A Jambô anunciou, em seu site, que o mais novo lançamento para o cenário de Tormenta está em fase final de revisão. Seu lançamento está prometido para abril. Isso faz da editora um prodígio, lançando seu quarto livro para o cenário (Tormenta RPG, Valkaria e Guerras Tauricas) num espaço de poucos meses. Destacando que está será mais uma obra com a assinatura do Brauner, em sua subida meteórica dentro das (ótimas) edições de RPG do país. Abaixo o texto encontrado no site da editora:

Um manual de monstros!

Dragões, orcs, lefeu, demônios e zumbis! Arton é um mundo de problemas, e há perigo em todos os cantos — das terras áridas do Deserto da Perdição, onde espreitam os gênios e múmias, às profundezas dos mares, que escondem selakos e krakens. Em florestas ou montanhas, cidades ou masmorras, alguma fera sempre está prestes a atacar os heróis.

O Bestiário de Arton é um catálogo com centenas de adversários monstruosos de todos os tipos. Dos míseros kobolds ao apavorante Tarrasque, existem ameaças para aventureiros de todos os níveis.

Este livro contém:

* Criaturas de todos os tipos e níveis de desafio, com estatísticas completas, prontas para jogo!
* Descrições de aparência, táticas de combate e curiosidades de todas as criaturas.
* Novas raças para personagens jogadores, como centauros, nagahs, sprites, elfos-do-mar e até mesmo orcs e gnolls!
* Um apêndice descrevendo os demônios e diabos de Arton, seus líderes, suas estratégias e sua guerra sem fim.
* Tabelas de encontros aleatórios para todos os tipos de regiões.

Incontáveis monstruosidades aguardam os heróis! O perigo é garantido — a sobrevivência não.

Esta é mais uma compra certa para mim. Continuando neste ritmo e poderemos contar com uma publicação nova à cada dois meses. E muita coisa correndo nas entrelinhas está me cheirando à coisa grande vindo por aí!!! Será?! Tomara!!!

quarta-feira, 30 de março de 2011

Terceiro vídeo de Battlefield 3 revelado

Não poupe balas

O terceiro vídeo com a jogabilidade do novo Battlefield 3 chega arrasando no título "Fault Line episode 3". Ele mostra duas sequências interessantes. Uma delas é uma luda desarmada entre dois personagens. Posso dizer que fiquei impressionado. Á segunda sequência mostra o jogador usando uma arma pesada sobre uma ponte. Ele será um grande jogo. O mais interessante ficou para o final. Como de costume, ao final de cada vídeo, eles anunciam quandos erá lançado o próximo. Para nossa surpresa é anunciado que no dia 17 de abril será divulgado nada menos do que 12 minutos do jogo.

Novo game da série Resident Evil ganha teaser

Trucidando zumbis

Isto que é rapidez. Mal houve o anúncio, semana passada, que haveria um novo game da série famosa e já somos presenteados com um trailer. Quando do anúncio, semana passada (e nós nem tivemos tempo de comentar por aqui), não havia data nem previsão de lançamento. Agora uma previsão já está sendo dada. Será no final do ano, muito provavelmente perto do natal.

Este novo jogo será um retorno ao passado. Ele se passará antes da destruição da cidade de Roccon City. Ao inves de termos o jogo centrado nos personagens de sempre, desta vez a perspectiva será aos olhos dos funcionários de segurança da Umbrella.

Como novidades adiantadas sobre o game sabe-se apenas que ele será um jogo com possibilidade de ser jogado por até quatro pessoas e em terceira pessoa. Ele será lançado para PS3 e Xbox 360.

Sensacional vídeo promocional da saga Fear Itself da Marvel

Tenha medo... muito medo!

Quem disse que quadrinhos não merecem ou não podem ter vídeos. A Marvel lançou  um teaser fazendo a apresentação oficial e lançamento da sua nova saga - Fear Itself. Ela terá sua primeira edição lançada em abril, nos Estados Unidos e deve chegar por aqui  lá pelo final do ano (palpite) .Confira:

Mais um ótimo trailer para a série Falling Skies e spoilers

Falling Skies com vídeo e resumão

Foi lançado um novo trailer para a nova série de ficção do canal TNT - Falling Skies. Neste trailer temos muitas imagens novas, inclusive com boas tomadas dos aliens. Veja abaixo:



Além disso trouxe uma descrição da série encontrada no blog Braseries que faz um resumo geral do que devem esperar os fãs para os primeiros episódios. Existem muitos espoilers que serão mostrados ao longo da série. Então, se você não quer perder a surpresa, pare de ler agora.

Falling Skies abre com uma sequência caótica de um ataque alienígena que deixou a maior parte do mundo completamente incapacitado. Nos seis meses desde a invasão inicial, os poucos sobreviventes uniram-se fora das grandes cidades para iniciar a difícil tarefa de contra-atacar. Cada dia é um teste de sobrevivência como soldados-cidadãos que trabalham para proteger as pessoas sob seus cuidados, enquanto também se engajam em uma campanha de insurgência contra a força de ocupação alienígena.

No centro da série há Tom Mason (Noah Wyle), um professor de história em Boston, cuja família foi dilacerada. Sua esposa foi morta no ataque inicial, e um dos seus três filhos, foi capturado. Determinado a recuperar seu filho e para garantir a segurança dos seus outros dois filhos, Tom deve colocar o seu vasto conhecimento de história militar em teste como um dos líderes do movimento de resistência conhecida como a Second Mess, devido à sua localização em Boston , Massachusetts. Eles estão constantemente a tentar obter informações sobre os alienígenas, a fim de serem mais espertos e que um dia possam vencê-los e reconstruir suas vidas.

Moon Bloodgood (Terminator Salvation) co-estrela como Anne Glass, uma pediatra que trabalha com as crianças sobreviventes para ajudá-las a lidar com a revolta traumático em suas vidas. Will Patton (Armageddon, Na TNT, o Ocidente) desempenha um feroz líder da resistência, Weaver. A série também é estrelado por Drew Roy (Secretariat) como Hal, o filho mais velho de Tom e um lutador em evolução no movimento de resistência; Maxim Knight (Brothers & Sisters) como Matt, filho mais novo de Tom, Connor Jessup (The Saddle Club) como Ben, filho de Tom que foi capturado por alienígenas e Seychelle Gabriel (Weeds), como Lourdes, uma adolescente órfã que ajuda a Anne na clínica improvisada do grupo médico. Colin Cunningham (Vivendo em seu carro) é John Pope, o líder de uma gangue de motoqueiros fora da lei e Sarah Carter (Shark) é Margaret, uma cautelosa sobrevivente da gangue de Pope.

Falling Skies incide sobre a resiliência dos sobreviventes e sua determinação em manter sua humanidade quando todo o resto foi destruído. É um conto de comprometimento, resistência e coragem em que as pessoas comuns são chamados a tornar-se heróis. Eles podem ser superados, em menor número e desarmados, mas nada pode bater o espírito humano. Acima de tudo, a série é sobre os laços que unem as pessoas nas mais difíceis circunstâncias.

Os alienígenas da série são poderosos, misteriosos e impiedosos. Eles são altamente inteligentes e usam táticas militares, como, o que os torna uma força esmagadora contra a Second Mess. Existem dois tipos de alienígenas que os sobreviventes humanos têm chamado Skitters e Mechs. Combinando ação e efeitos visuais especiais, o Skitters têm corpos de aranha e uma incrível força e agilidade. Os mortais e robóticos Mechs ficam de pé e podem disparar balas de seus braços. Os alienígenas controlam as crianças capturadas, como filho de Tom, Ben, através de chicotes bio-mecânicos, mas ainda não revelaram o seu plano final.

Para lembrar à todos o elenco conta com: Noah Wyle como Tom Mason, Moon Bloodgood como Anne Glass, Will Patton como Weaver, Dale Dye como Col. Porter, Drew Roy como Hal, Maxim Knight como Matt, Connor Jessup como Ben, Seychelle Gabriel como Lourdes, Colin Cunningham como John Pope e Sarah Carter como Margaret.

Notícias dos filmes da Marvel Thor e Deadpool.

Notícias de Thor e Deadpool

Algumas notícias esao pipocando na rede. Para comecar, sobre o filme de Thor, que estréia logo agora em maio. Foi informado que o personagem Gavião Arqueiro (que será interpretado por Jeremy Renner) aparecerá na produção, preparando sua presença no filme dos Vingadores. Esta informação esteve em pauta por diversas vezes, e sempre sendo desmentida posteriormente. Mas desta vez parece ser verdade mesmo. 


O filme de Deadpool parece estar mesmo com carga total. Nesta quarta-feira surgiu uma importante notícia sobre a produção. A produtora Lauren Shuler disse em entrevista "É totalmente um novo começo, (…) ou vamos fingir que X-Men Origens: Wolverine nem aconteceu, ou vamos brincar com isso, o que é algo que Deadpool certamente faria”. Eu acho ótimo isso. Para mim poderia editar aquele filme do Wolverine e simplesmente excluir a participação do herói por lá. Pelo que foi dito por ela o personagem terá o mesmo modo de ser que o dos quadrinhos, ou seja, pronto para piadinhas e muito irreverente. Ryan Reynold foi confirmado apra o papel.

terça-feira, 29 de março de 2011

Chega a Mais Longa das Noites

A bruxa esta à solta


Estava eu em minha visita costumeira à Jambô quando vem o Rafael lá de dentro com uma novidade nas mãos, recém retirada da caixa vinda da gráfica. Era um exemplar de "A Mais Longa das Noites", reedição do primeiro livro dedicado à Reinos de Ferro. Primeiro volume da trilogia "Fogo das Bruxas", é peça indispensável para qualquer um que curta RPG, e principalmente para os fãs do cenário de RdF.


Ela era apenas uma criança quando sua mãe foi condenada e executada por bruxaria.

Ela quer apenas sua mãe de volta. Isto é tão errado assim?

Mas, às vezes, se você quer que algo seja feito, precisa derrubar uma cidade com uma horda de mortos-vivos.

Publicada originalmente em 2003, A Mais Longa das Noites é a primeira parte d’A Trilogia do Fogo das Bruxas, uma série de aventuras situada nos Reinos de Ferro. Agora este clássico do RPG está de volta, em uma edição revisada, atualizada e com 16 páginas de conteúdo adicional.

Este livro contém:

* Uma aventura instigante, repleta de ação e suspense, planejada para personagens do 1º ao 3º níveis.
* A descrição e o mapa de Corvis, a Cidade dos Fantasmas.
* Informações sobre armas de fogo e tecnologia a vapor.
* 13 novos monstros, incluindo o gorax e o andarilho do pântano.
* A Missão dos Tolos, uma aventura inédita envolvendo o submundo de Corvis.

Embarque em uma jornada envolvendo uma jovem feiticeira obcecada por vingança, um maligno rei deposto e uma espada necromântica que é o centro de tudo — a lâmina negra Fogo das Bruxas.
[Retirado do site da Jambô]

A edição vem ao preço de R$ 22,00, para suas 80 páginas de pura aventura. Confira e compre já!!

Liga da Justiça no cinema

Liga da Justiça no cinema?

Continuando com as notícias sobre cinema e quadrinhos a Omelete divulgou nesta segunda-feira que a Warner voltou a pensar em lançar um filme adaptando o grupo de heróis da DC, Liga da Justiça, para o cinema em 2013. A notícia gerou muitos debates centrando-se principalmente nas dificuldades que o estúdio teria em realizar um filme deste porte em tão pouco tempo.

Mais dois teasers para Thor

Dois teasers

Faltando pouco amias de um mês para o lançamento de Thor no cinema, novos teasers foram lançados para promover o filme.





Lembrando que a estréia ocorrerá dia 6 de maio próximo.

Nova imagem de Fear Itself

Medo eo Capitão América

Nova imagem da saga da Marvel - Fear Itself - foi divulgada hoje trazendo, desta vez, o Capitão América.

Novo filme de FullMetal ganha novo trailer

Mestres da alquimia em trailer

Foi divulgado internacionalmente, eplo site oficial do anime, o novo trailer para o novo filme da franquia - "FullMetal Alchemist: Milos No Sei-Naru Hoshi". A estréia será dia 2 de julho, no Japão. Destaque para a banda japonesa L'arc-en-Ciel que toca a música de abertura. Mais novidades procura o site oficial da série.

Trailer de Capitão América, agora dublado

Agora em português

O primeiro trailer da adaptação de Capitão América para o cinema ganha uma versão dublada. O trailer é exatamente o mesmo. Confira. A estréia é em 22 de julho.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores - Gravity (Marvel)

GRAVITY – Greg Willis
Young Allies


Nível de Poder: 9

FOR 12 (+1) DES 12 (+1) CON 12 (+1) INT 14 (+2) SAB 12 (+1) CAR 12 (+1)

Resistência +7*/+1; Fortitude +3; Reflexo +2; Vontade +2. [*Campo de Força]

Ataque +5, +9 [Raio]; Dano +6 [desarmado], +10 [Raio]; Defesa +6; Esquiva +3; Desprevenido __; Iniciativa +1.

PERÍCIAS: Blefar +3, Computadores +5, Desarmar dispositivo +5, Notar +4.

FEITOS: Ação em movimento, Esforço supremo [Salvamento supremo/Vontade], Especialização em ataque [Raio] 2, Interpor-se, Sorte.

PODERES: Repertório [Controle de Gravitons] 9 [Extra: Amplo – Feito: Inato] {Base: Controle gravitacional 12 [Dinâmico] - PA: Raio 10 [Dinâmico]; PA: Golpe 6 [Dinâmico – Feito: Ataque poderoso]; PA: Voo 6 [Dinâmico – Feito: Manobralidade]; PA: Salto 4 [Dinâmico]; PA: Campo de Força 6 [Dinâmico – Falha: Ablativo; Feito: Seletivo]; PA: Escudo 8 [Extra: Área/Moldável}

Pontos: 84
14 (habilidades) + 4 (salvamentos) + 22 (combate) + 2 (perícias) + 6 (feitos) + 36 (poderes)



Histórico: Greg Willis é um dos jovens heróis da Marvel. Seus poderes se manifestaram quando ele ainda era um estudante secundarista. Ganhou seus poderes de forma mistérios quando foi tragado por um estranho mini-buraco negro em meio à uma tempestade durante uma viajem de férias, próximo do Lago Michigan. Quando ele foi para Nova Iorque, para seu primeiro ano na universidade, resolveu atuar como mais um dos vários heróis vigilantes da cidade. Depois de muitas viradas ele se reúne com Nômade, Flama (Firestar), Araña e Toro para formar os Jovens Aliados.


Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores - Nomad (Marvel)

NOMAD - Rebeca “Rikki” Barnes
Young Allies


Nível de Poder: 7

FOR 10 (0) DES 16 (+3) CON 12 (+1) INT 14 (+2) SAB 12 (+1) CAR 14 (+1)

Resistência +5*/+1; Fortitude +3; Reflexo +7; Vontade +3. [*Traje especial]

Ataque +6, +10 [Discos]; Dano +0 [desarmada], +4 [Disco]; Defesa +10; Esquiva +7; Iniciativa +7.

PERÍCIAS: Acrobacia +7, Arte da Fuga +5, Blefar +6, Computadores +6, Conhecimento [Tática] +7, Conhecimento [Manha] +7, Desarmar dispositivo +5, Escalar +5, Furtividade +6, Intuir intenção +4, Notar +4, Pilotar +4.

FEITOS: Ação em movimento, Alvo esquivo, Armação, Ataque defensivo, Ataque furtivo, Avaliação, Contatos, Derrubar aprimorado, Especialização em ataque 2 [Discos], Evasão, Foco em esquiva 2, Iniciativa aprimorada, Liderança, Mira aprimorada, Trabalho em equipe.

PODERES: Dispositivo – Traje protetor 2 [Proteção 4; Imunidade 5 (balas/projéteis)]; Dispositivo – Botas especiais 2 [Salto 4; Super-movimento 2 (Escalar paredes, Estabilidade); Dispositivos – Disco 2 [Raio 4 – Feito: preciso - (descritor/esmagamento)]

Pontos: 99
18 (habilidades) + 8 (salvamento) + 28 (combate) + 10 (perícias) + 17 (feitos) + 18 (Poderes)


domingo, 27 de março de 2011

The Killing chega cheio de suspeitos

Quem é o assassino?

Um novo seriado policial estréia em abril. Até aí, nenhuma novidade, pois pilhas deles iniciam á cada ano. Mas The Killing parece um pouco diferente. Estamos acostumados com seriados policiais onde em cada capítulo temos um caso e o pano de fundo são o cotidiano e mazelas dos investigadores. Em The Killing temos grande diferenças. Tudo no seriado - do enredo ao pano de fundo - estraá centrado no assassinato da jovem Rosien Larsen, em Seatle.

Todos os capítulos farão parte da grande investigação que este caso de assassinato cria. Trazendo o espectador à ser mais um investigador. Com o transcorrer da história o número de suspeitos aumenta e cada um torna-se mais implicado quando seus segredos vãos endo revelados.

A série conta com a assinatura do produtor de Cold Case (no Brasil passa no sbt com o nome de "Arquivo Morto") e sob atutela setor responsável por Walking Dead e Mad Men, do canal AMC. A estréia será dia 3 de abril com um capítulo de duas horas. Para o brasil ainda não temos informações sobre sua estréia.

Assista ao trailer neste vídeo abaixo:

Novo trailer de Dungeon Siege 3 apresenta Katarina

Entre a magia e a pólvora

Mais um jogo de videogame que chega ao mercado baseado na estética dos RPGs medievais. É Dungeon Siege 3. Esta será a primeira versão da franquia que será lançada para PS3 e Xbox 360, além do clássico para PC. Nesta versão teremos até quatro participantes jogando online ou por rede.

O vídeo lançado mostra uma das novas personagens jogáveis do game - Katrina. Ela é uma meio feiticeira, meio atiradora - algo quase paradoxal. O game será lançado dia 31 de maio.

Hunted: Demon's Forge em trailer cooperativo

A força e a agilidade

Dentro desta grande safra de games de fantasia, "Hunted: Demon's Forge" mostra alguns diferenciais, pelo menos é o que o novo trailer apresenta. Com o título de The Power of Two, temos a apresentação de como podemos cooperar estilos diferentes para vencer no jogo. Garanto que este jogo promete muitas alegrias aos fãs do estilo. Seu lançamento está marcado para 3 de junho, na Europa.

sábado, 26 de março de 2011

As várias formas de jogar Deus Ex: Human Revolution

De que forma será?


Para quem já é fã desta ótima franquia, aqui vai mais um vídeo que apenas confirma isto. Para quem ainda não é, este vídeo irá aquela vontade de jogá-lo. De qualquer forma, o vídeo criar uma grande expectativa quanto ao lançamento de "Deus Ex: Human Revolution", em 26 de agosto.


No vídeo vemos p gameplay de uma determinada fase em três formas possíveis. Ele demonstra todo o potencial e adaptabilidade que termos que ter se desejamos chegar à algum lugar no game. Curta o vídeo. O jogo saírá para PC, PS3 e Xbox 360.

Autora de FullMetal com novo mangá

Aí vem Gin no Saji


Hiromu Arakawa, autora de um dos mais famosos mangás/animes prepara um novo lançamento - Gin no Saji ("Colher de Parta"). Não temos ainda muitas informações, sabemos apenas que ele se passará na escola de Hokkaido, trazendo como protagonista um rapaz que estuda agricultura. O mangá será publicado na revista Shonen Sunday a partir do dia 6 de abril.

The First Templar mostra combates acrobáticos

Seja um templário

Este não é um jogo normal baseado em cavaleiros medievais. Mais do que isto, pelo consta na crítica especializada ele é uma aula de história, além trazer grandes emoções em combates eletrizantes. Ele é uma aventura em terceira pessoa onde há uma grande mescla de golpes e manobras possíveis para suas lutas. Curta o vídeo a aguarde o lançamento em maio, para Xbox 360 e PC.

Novos cartazes promocionais de Thor

Os rostos do filme

Quanto mais perto chegamos da estréia do filme sobre Thor, mais e mais propagandas são lançadas. Agora foram seis cartazes com os rostos de personagens do filme. Lembrando que a estréia mundial será dia 6 de maio.






Que os Jogos Começem! - Parte 2 - Justa

A Semana dos Jogos de Villent!

Cenário:

Em Villent, no Reino de Deheon, as justas são tratadas com respeito. Centenas vem na esperança de ver os homens mais ricos e galanteadores de todo o Reinado na disputa que dentre todas, mais representa a nobreza. Existem rivalidades que passam de geração em geração, cavaleiros representando famílias, que representam toda uma história. Durante a semana dos jogos, homens são levados ao esquecimento pela derrota e a jubilo do premio final, almejado por muitos, obtido pelo melhor.

O Torneio:

O Torneio acontece em uma semana aleatória do ano. Os conselheiros da cidade estipulam a data e tratam de espalhar aos quatro cantos do mundo sobre sua existência. Um torneio consagrado, que nunca deixou de ser uma sensação. Embaixadas refinadas vem de todas as partes, as tavernas de luxo ficam abarrotadas e ainda sim não são o bastante.

Na Semana dos Jogos de Villent, são disputadas três categorias de justa. Bronze, Prata e Ouro. Na primeira são admitidos qualquer cavaleiro, de origem nobre é claro, mas com pouco status social. Jovens de famílias grandes costumam competir nesta categoria, por ser mais fácil e não conter inimigos já consagrados. Na Prata, Famílias de maior relevância são aceitas, sendo obrigatória para a inscrição de um concorrente, que todos os outros participantes conheçam as honras da família. Para a ouro, apenas homens já campões da Liga Prata, o que torna essa categoria um séqüito de lendas entre o povo, como os melhores cavaleiros vivos. As regras são baseadas na honra, portanto, é inconcebível que um campeão em potencial seja recusado em uma categoria por medo de outro competidor. Como já foi dito, ao sagrar-se campeão em uma categoria, o cavaleiro torna-se apto a participar no ano seguinte na categoria acima.

É exigida uma taxa de inscrição por participante de 10 PO , na serie Ouro ainda pode ser exigido a doação de mais um item mágico.

A Prova:

A justa é simples. Dois combatentes montados, portando um escudo e uma grande lança que é projetada para quebrar-se ao contato, sem causar grandes danos. Os cavaleiros devem galopar em velocidade e tentar acertar o inimigo

Em Regras:

Cada um dos cavaleiros rola uma jogada de ataque, que consiste em:

FA= F+H+1d6 + H do cavalo.

E uma jogada de defesa em seguida:

FD= A+H+1d6 +H do cavalo.

Se a FA for maior que a FD, a carga foi um sucesso e a lança do atacante se quebra no peito do oponente. Esse acerto vale 1 Ponto.

Quando um cavaleiro tem sua FD superada pela FA do adversário, deve fazer um teste de R (R+1 caso tenha o cavalo como Aliado). Um sucesso indica que o cavaleiro continua sobre o cavalo, tendo recebido o impacto mas sendo capaz de continuar o combate.

Uma falha no teste de R sinaliza que o impacto foi demais, e que o cavaleiro cai da sela, sendo eliminado da competição.

Cada cavaleiro recebe cinco lanças no inicio do combate. No fim, mesmo que os dois estejam sobre o cavalo, o cavaleiro que estiver obtido mais sucessos em sua carga (ou seja, quebrado mais lanças contra o oponente) é o vencedor.

Notas:

Ambos os cavaleiros podem se acertar (quebrar lanças) ao mesmo tempo.

Ambos os cavaleiros podem cair do cavalo.

Premiação:

As competições são executadas 1×1, tendo o modelo de eliminatória. O Grande Campeão recebe um grande anel de ouro com o símbolo da cidade e um premio em moedas de ouro, mais uma espada mágica menor

Ganchos:

· Um dos personagens decide entrar no torneio, mas precisa explorar uma masmorra para conseguir o item mágico escolhido.

· Um dos participantes foi seqüestrado, os Pjs devem encontra-lo antes que ele seja eliminado do torneio.

· Existem provas que um dos competidores é uma farsa, os Pjs devem viajar e correr contra o tempo para encontrar as provas e desmascara-lo.

· Um dos competidores foi jurado de morte, os Pjs devem protegê-lo enquanto perdurar o torneio.

Primeiro trailer do novo Os Três Mosqueteiros

Os Mosqueteiros estão chegando

Todos os grandes clássicos da literatura periodicamente recebem versões novas no cinema. O remake da vez será "Os Três Mosqueteiros", dirigido por Paul W.S. Anderson.

O filme seguirá mais ou menos o mesmo roteiro de todos os outros, mostrando as aventuras e desventuras de D'Artagnan, em sua busca pela entrada na academia de mosqueteiros do rei. No elenco teremos Logan Lerman, como D'Artagnan; Ray Stevenson, como Porthos; Luke Evans, como Aramis; e Matthew Macfadyen, como Athos. ALém deles estarão na produção Milla Jovovich (Milady de Winter), Mads Mikkelsen (Rochefort), Christoph Waltz (Cardeal Richelieu) e Orlando Bloom (Duque de Buckingham). A estréia será em 14 de outubro.

Novo game baseado em Senhor dos Anéis em trailer violento

Sangue na Terra Média

Que "Senhor dos Anéis" é um universo riquíssimo ninguém duvida. Mas é incrível como este cenário ainda consegue dar cada vez mais jogos (principalmente de videogames) cada vez melhores. Agora é a vez de "Lords of the Ring: War in the North" (já comentado na Confraria de Arton anteriormente). Este jogo chegará num estilo clássico de RPG, mas com muito mais ação que o normal, e prometendo inovar tanto no visual quanto na jogabilidade.

 Outra inovação será a possibilidade de jogos multiplayer para até quatro pessoas. Os cenários também saem um pouco daqueles vistos em outros jogos e mostrados no filme. Muitos locais novos serão visitados para que muitos orc sejam trucidados.

O jogo será lançado em 22 de maio para PC, PS3 e Xbox 360.

Marvel promove sua saga Fear Itself

Propaganda de peso


Já faz um bom tempo que a Marvel ensina muito bem como se faz uma boa propaganda. A cada saga lançada novos métodos são utilizados - como posters misteriosos, teasers e mídias variadas - para captar o interesse do seu público. Com a nova saga, Fear Itself, não seria diferente. Eles já utilizaram um pequeno vídeo, posters com dizeres que deixaram todos com a pulga atrás da orelha, reportagens especiais com desenhistas e roteiristas.



O último passo foi a divulgação em um dos maiores jornais diários dos Estados Unidos de algumas páginas de sua saga, em uma espécia de preview oficial. Isto aconteceu na edição de ontem do USA Today. Foram três páginas (uma delas já divulgadas aqui anteriormente) mostrando os primeiros momentos da edição Fear Itself 1.

Em abril tem início esta nova saga nos Estados Unidos.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Colaboração d'O Bardo - Dicas de Mestre

Nem de perto o assunto de hoje é inédito, mas se pensarmos nos agentes externos que influenciam na motivação para a prática do RPG (e digo isso em posse de alguns conceitos da psicologia), são os materiais e todo o clima construído. Alguns pequenos planejamentos podem ser feitos para que uma aventura seja bem mais atrativa, principalmente para iniciantes.



Música

Creio que esta é uma das teclas mais batidas, mas nem por isso deixa de ser importante. Selecione algumas músicas, de preferência ambiente, ou seja, sem letra para o decorrer da aventura. Em momentos mais tensos apele para uma música que também transmita isso. Cenário de floresta? Sons de selva. Se você seguir isso, pode apostar que quando o momento de silêncio chegar, os jogadores vão prender a respiração.

Velas

Se o seu jogo correr durante a noite, esta é uma opção. Claro que deve ser vista com alguma cautela, uma vez que pode gerar acidentes (vá que um dos seus jogadores, ou você mesmo, é estabanado?) e também, se o seu jogo não estiver no clima certo, pode dar sono.

Materiais

Ponto mais importante, na minha opinião. Use um objeto para definir quem é o jogador da vez, objetos antigos são bons, como adagas, taças ou qualquer outra coisa. Use e abuse dos pergaminhos, cartazes de procurado, chamados de missões, cartas, o que você conseguir imaginar (caso não saiba fazê-los, eu ensinei numa postagem d'O Bardo que pode ser vista aqui). O escudo, objeto dos mais básicos, deve ilustrar alguma situação que diga respeito ao jogo.

Tom de Voz

Atue, tire proveito de sua voz. Use uma entonação diferente quando o velho sábio e a camponesa falam, caso não o faça, o jogo ficará monótono.

Seja Coerente

regra de ouro do RPG é que o mestre pode TUDO. Mas não é porque ele PODE tudo que ele PRECISE fazer tudo. Tenha limites e, principalmente, seja coerente. Ninguém vai gostar de jogar com um mestre que fica esculhambando com tudo.


Tenha Feeling e use Feedback

Conheça seus jogadores, pergunte o que eles gostaram e o que não gostaram, não há maneira mais fácil de saber se você está fazendo as coisas certas ou errando terrivelmente. Nem o mais motivado dos jogadores vai continuar se você forçar a barra como mestre.

Comida

Deixe uns salgadinhos e biscoitos na mesa. Assim ninguém se distrai do jogo pensando que está com fome e também torna a coisa toda mais agradável. Um refrigerante também é uma boa pedida. Você não deve fazer um piquenique na mesa de jogo, mas isso não quer dizer que você não possa deixar algum aperitivo para seus jogadores. Não é algo imprescindível, mas torna o ambiente mais agradável.

Por hoje deixarei por aí, não esqueçam de dar uma passadinha n'O Bardo!


Bena

Lanterna Verde de fantasia no blog Dragões do Sol Negro

Lanterna Verde capa e espada

A gente está sempre procurando coisas legais, principalmente ligadas à RPG. Por isso não se acanhem em nos avisar sobre tópicos ou matérias que possamos nos interessar em divulgar. Isso foi feito pelo pessoal do blog Dragões do Sol Negro para divulgação de sua matéria criando um Laterna Verdede fantasia. Confiram!!

Game of Thrones em trailer novo

Um trone em disputa num inverno eterno

Com o título de "Power" um novo trailer foi apresentado aos fãs. Como os anteriores o trailer mostra fragmentos da história sem cenrrar-se em nenhum personagem em especial. Sua estréia será em 17 de abril pela HBO.


Falling Skies: depois do poster, agora um novo trailer

Aliens invasores

Mal tinha eu postado sobre o novo poster do seriado e soube de um novo trailer. Nele aparecem algumas imagens inéditas focalizando melhor os aliens e o ataque à Terra.Relembrando  que a estréia será em 19 de junho, pela TNT.


Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas ganha trailer dublado

... e uma garrafa de rum!

Num dia cheio de trailer para cinema e games, foi disponibilizada uma nova versão do trailer do novo filme da franquia Piratas do Caribe com novas imagens e dublada. Nesta nova produção o capitão Jack Sparrow estará atrás da fonte da juventude. No elenco Johnny Depp, como protagonista, Penélope Cruz, Ian McShane, Astrid Berges-Frisbey, Sam Clafli, Geoffrey Rush, Keith Richards e Kevin McNally. Na direção Rob Marshal e a estréia será em 20 de maio.

Trailer de lançamento do game Crysis 2

Hip Hop e tiros

O esperado Crysis 2 foi lançado nesta quarta-feira e, para tanto, recebeu um bem feito trailer especial. No vídeo são repassadas as principais informações mostradas nos trailers anteriores, além de muitas outras sequências inéditas. Esta nova versão, diferente da primeira, será para PS3 e Xbox 360, além da tradicional versão para PC.

Lançado primeiro trailer oficial de Capitão América

Saiu!!!!

Finalmente o primeiro trailer da produção muitol aguardada da Marvel, baseada em um de seus principais personagens - Capitão América - acaba de ganahr seu primeiro trailer oficial. O lançamento da produção deverá ser apenas em 22 de julho, nos Estados Unidos, e 29 de julho por aqui. No elenco Chris Evans interpreta o Capitão América, acompanhado de Sebastian Stane, Hayley Atwell, Tommy Lee Jones, Stanley Tucci, Dominic Cooper entre outros. A direção é de Joe Johnston, com roteiro de Christopher Markus, Stephen McFeely e Joss Whedon.

Poster oficial de Falling Skies

Poster oficial

A nova produção de ficção que invadirá o mundo dos seriados - Falling Skies - ganha seu primeiro poster oficial, ao melhor estilo dos cinemas. Produzida por Steven Spielberg junto ao canal TNT, ela contará as aventuras da resistência humana à uma invasão alienígena. A estréia será em 19 de junho nos Estados Unidos, mas sem datas determinadas ainda para os demais países. No elenco, entre outros, Drew Roy, Noah Wyle e Moon Bloodgood, que estão estampados no poster.


quarta-feira, 23 de março de 2011

Lanterna Verde adiado no Brasil

Lanterna Verde mais tarde

Estava tudo correndo bem demais para ser verdade. Sem muitas explicações a data de estréia do filme sobre o personagem da DC Comics - Lanterna Verde - teve sua estréia no Brasil adiada de 17 de julho para 19 de agosto.

No elenco temos Ryan Reynolds, Blake Lively, Peter Sarsgaard, Mark Strong, Angela Basset e Tim Robbins. A direção é de Martin Campbell.


Dicas do Mestre - Adaptações em RPG

Adaptações em RPG

Uma das tarefas mais divertidas do RPG são as adaptações. Qualquer revista ou blog de RPG que se preze já fez suas adaptações. Possibilitar jogos com personagens preferidos de filmes, mangás ou animes é uma arte que o RPG nos facilita graças ao grande número de sistemas que temos acesso atualmente, principalmente no mercado nacional.

Mas até que ponto isto é fácil ou não de ser feito? Ou melhor... até que ponto conseguimos realizar verdadeiras adaptações criando pontes diretas entre nossa preferência por um sistema e nosso gosto por este ou aquele personagem? Ou ainda... o que verdadeiramente procuramos, realismo ou diversão?

Uma adaptação nada mais é que transpormos um universo (cenário) de nossa preferência submetendo-o à um sistema de regras de nossa escolha. Esta submissão é imposta? Sim. Este é o primeiro elemento que muitas vezes incomoda os rpgístas. Se vamos utilizar um cenário para a prática do RPG, nada mais justo que o cenário se ajuste (adapte) ao sistema, já que nele, e sob suas regras, é que transcorrerá o jogo. Além de que o inverso seria o pedido de uma enorme bagunça.


A primeira coisa que temos de ter claro, então, é que esta questão dos limites que serão impostos pelo sistema devem ser aceitos e compreendidos. Por mais que desejemos reproduzir nosso personagem fielmente dentro das regas, apresentando cada uma de suas facetas apresentadas em filmes ou mangás ou quadrinhos, a palavra final será sempre do sistema escolhido. Sempre.

Vamos pensar bem. É impossível, no mínimo improvável, alterarmos todo um sistema para reproduzir um efeito que ao natural não está contemplado em suas regras. Seria uma violência. Muitos de vocês poderão argumentar que existem as famosas ‘regras da casa’ para suprir tais problemas. Mas mesmo este subterfúgio deve (e tem de) ser usado com extrema cautela e de forma limitada para o bem de não estragarmos o jogo desbalanceado o sistema.

Como fazer então? Quando o sistema não se presta para ser genérico, ou seja, preparado para uma grande variedade de tipos de cenários (fantasia, futurista, supers, horror etc) e mesmo os grandes sistemas genéricos da atualidade (GURPS, 3d&T e M&M), o ideal é que primemos pela simplicidade. Pelo menos é o caminho que costumo seguir.

Esta simplicidade de que falo é fácil de explicar e seguir. Tento me basear passando o foco de minhas preocupações do personagem para o cenário. Não estou colocando o personagem em segundo plano, já que é com ele que jogaremos, mas apenas deixando ele um pouquinho de lado. Vejam...

Ao desejarmos usar como PJ de nosso jogo um arquétipo ou personagem de um dado cenário estamos, na verdade, procurando vivenciar toda a emoção do cenário como se nós estivéssemos naquele universo. Poucas vezes queremos desvincular o personagem que desejamos usar de seu universo. Quando se deseja jogar com o Goku, por exemplo, o queremos fazer no seu ambiente e com seus outros personagens – ou seja, dentro de seu universo. Assim eu coloco, para mim, que o cenário é muito mais importante de se adequar (encaixar) ao sistema do que o personagem.

Pensando assim conseguimos alcançar a simplicidade de que falei em dois pontos. O primeiro é que é muito mais fácil adaptarmos um cenário o fazendo por linhas gerais e depois inserindo todos os personagens nessas linhas. Assim nossa preocupação passa a ser aqueles elementos básicos que são as peculiaridades de um cenário. Em “Avatar”, por exemplo, o cerne central esta na manipulação dos elementos básicos – água, fogo, ar, água e terra. Em “DBZ”, outro exemplo, o foco deverá ser o Chi. E isto que estou dando aqui exemplos extremos. Se fossemos adaptar arquétipos mais realistas, “Highschool of the Dead” ou um cenário cheio de Mechas, as dificuldades seriam ainda menores, onde o primeiro seria centrado apenas em armas e o segundo nos robozões.

O caso contrário, e que muitas vezes é o caminho escolhidos pelos rpgístas (tanto novatos quanto veteranos) são as adaptações por elemento. Ou seja, adaptações que se centram em adequar cada personagem em separado para o sistema. O problema básico desta escolha é que não temos uma espinha drosal para seguir e controlar o jogo e seus elementos centrais, além de que assim cria-se um amontoado incomensurável de variações e possibilidades fazendo quase de cada personagem um mini-sistema. Lógico que alguns sistemas, conforme o cenário que desejamos adaptar, já é mais apropriado e com regras na direção que desejamos, mas raramente temos esta facilidade.

Passada esta explicação vocês podem virar para mim e perguntar: ok, mas isso não deixa o cenário nivelado ‘por baixo’ com tudo muito igual, sem sal nem açúcar? Sim e não. Calma.... não queiram me matar! Eu explico.

Lá no início eu mostrei algumas das razões para se escolher adaptar um cenário para jogarmos. Ou melhor, questionei as razões. Bom... se procuramos nos inserir no cenário/universo este caminho é o mais lógico e fácil. O segundo passo seria dar fidelidade aos personagens. Aqui temos o que acho ser o mais complicado (e muitas vezes nem tanto). Muito tem se perdido no RPG da interpretação. Para mim o elemento de diversão da prática do RPG é a interpretação e ponto final. Ora, se temos linhas gerais para reger ou servir de norte para o nosso cenário, o resto é interpretação. Assim chegamos ao que acho ser o foco de uma adaptação – a diversão.

Não se precisa pegar três livros de regras para detalhar exatamente como será o raio lançado pelo Vedeta com todas as suas curvas e cores. A nossa linha geral deverá servir facilmente para demonstrar a força e periculosidade deste raio de forma simples. O resto é o simples poder de narração do mestre ou do jogador. Uma descrição com toda a emoção interpretativa servirá como estopim que a diversão precisa para explodir em um jogo inesquecível. Isto vale para todo o sistema de regras.

Tendo isto em mente podemos concluir que o que procuramos não é a veracidade dos elementos, mas sim a transposição de nós, como jogadores, para um dado cenário. Assim o elemento interpretativo pesará muito mais no transcorrer do jogo do que a fidelidade de cada ação, poder, movimento. Uma boa interpretação e discrição supri isto levando os jogadores e seu mestre para vivenciar de forma palpável o cenário de sua escolha.

Novo trailer de 11-11-11

Trailer de 11-11-11

O novo filme de terror de Darren Lynn Bousman ("Jogos Mortais") ganha novo trailer. no elenco teremos Timothy Gibbs, Michael Landes, Wendy Glenn, Lluis Soler, Ángela Rosal, Brendan Price, Salomé Jimenez, Benjamin Cook e Montse Alcoverro. Com toda esta místiva em torno do número 11-11-11 o filme tem estréia marcada para dia 10 de novembro.

 

O filme: "Na trama, depois da trágica morte de sua esposa e filho, o escritor Joseph Crone viaja até a Espanha para rever seu irmão e seu pai. Não tarda para que ele comece a ter encontros sombrios, acompanhados pelo avistamento do número 11. A curiosidade logo vira obsessão e Joseph descobre que 11/11/11 não é apenas uma data, mas um aviso." [fonte: Cineplayers]