sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Pathfinder será lançado no Brasil


Pathfinder no Brasil

O mercado nacional de RPG terá mais um grande título para atrair os jogadores. Foi anunciado alguns dias atrás que a Devir está em processo de tradução de Pathfinder, da Paizo. Eu poderia elencar aqui muitos motivos para celebrar isso, mas vou me fixar em dois apenas.

O primeiro deles é que desde que houve o encerramento do ciclo da licença aberta de D&D 3.5 e o lançamento da 4E, muito jogadores simplesmente estão órfãos aqui no Brasil. Nos Estados Unidos uma grande parcela, desgostosa com o resultado e as modificações existentes na 4E, migraram para Pathfinder transformando-o em um perigosíssimo adversário da Wizard of The Coast. E quando digo uma grande parcela estou querendo dizer uma significativa parcela mesmo. Mas aqui no Brasil isso não pode acontecer de forma natural devido às limitações que grande parte da população tem com a língua inglesa. Muita iniciativas pipocaram aqui e ali com traduções caseiras (e de boa qualidade) da obra, mas sem condições de atingir todos os interessados. Com este lançamento aposto em uma grande corrida às lojas especializadas, tanto pela novidade, quanto pela reconhecida qualidade.


O segundo motivo para celebrar é que o investimento de uma tradução e lançamento desta magnitude não é baixo. Para termos alguém interessado em lançar o Pathfinder por aqui é porque há uma confiança na absorção do nosso mercado para mais este título. Se pensarmos bem temos tido grandes títulos lançados por aqui e o mercado tem habilmente absorvido tudo em um público ávido por novidades.

Ao mesmo tempo alguns temores surgiram nas redes sociais e temos que levar isso em conta. As duas principais preocupações têm sido relacionadas com a qualidade e continuidade dos lançamentos e ao preço. Um dos diferenciais do Pathfinder é sua qualidade gráfica e a variedade de seus suplementos e mantermos o mesmo nível é uma exigência dos fãs. O medo vem de algumas derrapadas que a Devir já deu em outros processos de tradução e lançamentos. Já com relação ao preço, e acho que é uma preocupação muito relevante, sabemos que os valores de lançamentos de obras da Devir podem ficar muito acima do razoável.


No geral ainda continuo achando uma ótima notícia o lançamento de Pathfinder pela Devir. Em breve teremos mais novidades como datas e valores.

Um comentário:

Berre Sisc disse...

Tava querendo esses livros demais!!
Uhu!!