quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Games na Confraria: Megaman X


Eu realmente não me recordo o que eu conheci primeiro, se foi o desenho ou o jogo, mas hoje estamos falando do nosso querido sucessor do astro boy o famoso Mega man X (Capcom, 1993).

A historia do jogo é bem conhecida, mas vale a pena relembrar que este jogo passa 100 anos após os eventos de mega man, então nada de Dr. Willy ou Dr. Light, teremos o Dr. Cain como mentor de X e Sigma como vilão após ter sido infectado pelo vírus que o deixou maligno.
 
De todas aberturas, essa é a minha favorita.
A mecânica do jogo é bem conhecida para os fãs da serie mega man: Pular, atirar, adquirir poder dos inimigos derrotados e a novíssima habilidade de escalar que não existia nos outros jogos sem ajuda do Rush que era indispensável para avançar por locais mais altos ou distantes.

Isso foi antes da academia jedi
A jogabilidade do jogo cresceu bastante com a adição da habilidade de escalada pois agora pode-se fugir dos ataques de inimigos e chefes escalando ou utilizando dos upgrades que se pode achar em cada fase.

Esse é o mais bad-ass de todos os chefes de fase.
Os gráficos do jogo apesar de serem em 2D fazem um ótimo trabalho e o deixam muito bonito e visualmente instigante.

A trilha sonora do jogo é simplesmente fantástica, desde a abertura até a virada do jogo. Cada parte interativa do jogo tem sua própria trilha, algumas um pouco repetidas como quando se encontra as capsulas de upgrade, quando se morre ou quando se pega os poderes de chefão de fase.

Catch me if you can... ok you can =/
Os inimigos estão divididos em 3 categoria: os inimigos de fase, os mini chefes e os chefes de fase. Os inimigos de fase aparecem pela fase inteira e toda  vez que se volta em algum momento para fugas, pegar algo escondido ou mesmo por engano. Os mini chefes estão sempre no mesmo lugar, muitas vezes em locais escondidos ou de difícil acesso, cada vez que se derrota um tem-se uma recompensa, podendo ser um aumento de vida, um tanque de reserva ou mesmo uma parte da armadura.

Essa é a única fase de água que eu realmente gosto.
Os chefes de fase originalmente eram aliados do X antes de Sigma virar um vilão. Cada um dos 8 chefes de fase foi baseado em um animal quando foi construído e imbuído com algum poder especial, algumas vezes baseado nos elementos ou em armas modernas. Cada um deles pode ser derrotado apenas com a X-buster, mas podem ser facilmente derrotados com o poder de algum dos outros chefes previamente derrotados.

Todas as formas possíveis, qual a sua favorita?
Os poderes de X tiveram algumas alterações, como a já mencionada habilidade de escalar, absorver poder dos chefes derrotados, atirar limões e logo no inicio do jogo, na hora de apertar para iniciar o jogo temos um tiro novo, verde e um pouco maior, ao notar isso descobrimos que agora X pode lançar tiros mais poderosos se for carregado durante o combate. Ao longo do jogos temos a oportunidade de pegar upgrades que deixam X mais poderoso, podendo saltar longas distancias, receber menos dano, quebrar objetos com a cabeça para alcançar partes difíceis do jogo e uma das melhores habilidades que é poder disparar o poder dos chefes derrotados com força total.

Livre-arbítrio bitch.
Algumas curiosidades do jogo é a aparição do Zero, mesmo que não sendo com um personagem jogável é muito interessante  as aparições dele principalmente por ele ainda não ter sua marca principal, ou seja, o sabre de luz verde dele. Caso o jogador não consiga o upgrade do tiro melhorado, pode ser conseguido com o Zero ao longo do jogo. Obviamente eu jamais poderia esquecer dos passwords que aparecem no fim de cada fase para evitar de o jogado ter que jogar tudo de novo toda vez que desliga o console. E não esquecendo os apreciadores de coisas aleatórias e sem sentido, depois que se derrota todos os chefes, se pega todos os aumentos de vida e os 4 tanques extras, basta ter tudo isso e uma quantidade considerável de vida para se conseguir o altamente destrutivo Hadouken, isso mesmo, indo na fase correta e fazendo o que precisa, aparecerá uma capsula com o Dr. Light vestido como Ryu e lhe entrega o poderosíssimo Hadouken que é executado do mesmo modo que no Street Figther.

Get over here, digo Hadouken, digo WTF?
Uma vez que a maioria dos fãs descobriu o jogo depois de ver o desenho na televisão, foi algo extremamente satisfatório poder utilizar nosso querido robozinho azul capaz de ficar cada vez mais e mais poderoso e salvar o mundo de um mal maior quantas vezes for divertido ser feito.


Quem ainda tem guarde bem, quem não tem, adquira antes de virar relíquia.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Cinema na Confraria: Conheça o Jaqueta Amarela no filme do Homem-Formiga

Cinema na Confraria
Conheça o Jaqueta Amarela


O filme “Homem-Formiga” vem aos poucos mostrando a sua cara. Enquanto um trailer não é liberado vamos pescando aqui e ali algumas imagens que mostrem o que poderemos conferir na produção. Hoje a Marvel apresentou um banner do filme (imagem acima) onde temos o primeiros visual do vilão Jaqueta Amarela. Uma imagem havia vazado mês passado pelo Twitter, mas ainda necessitava uma confirmação – que tivemos hoje. O ator que interpretará o vilão é Corey Stoll (“O Legado Burne”, “Salt” e “The Strain”). Alguns podem estranhar o visual do vilão que é totalmente diferente do que já vimos nos quadrinhos, mas sabemos que o cinema tem outra dinâmica e nem tudo o que fica bom para uma HQ ficará igualmente bom na telona.



No elenco temos, além de Corey Stoll, Paul Rudd (“É o Fim” e “As vantagens de ser invisível”) no papel do protagonista Scott Lang/Homem-Formiga; Michael Douglas (“Um dia de fúria”) como o Doutor Hank Pym; Evangeline Lilly (“O Hobbit: a batalha dos cinco exércitos”); Judy Greer (“De repente 30” e “Carrie, a estranha”); Boby Cannavale (“Blue Jasmine”); Michael Peña (“Marcados para Morrer”); Martin Donavan (“Insônia”); Wood Harris (“Dredd”); e John Slatery (“Home de Ferro 2”). A estréia será em 17 de julho de 2015.

Visual do Jaqueta Amarela dos quadrinhos

domingo, 28 de dezembro de 2014

D&D está revigorado e contra-atacando - tradução do artigo "D&D Strikes Back"

D&D está revigorado e contra-atacando
- tradução do artigo "D&D Strikes Back" -

O RPG morreu? Esta pergunta sempre está pairando sobre nossas cabeças, não importa o quanto os números digam o contrário. Mas pode-se dizer que ela tomou força quando gigantes como Wizard of the Coast e White Wolf recuaram consideravelmente em sua força editorial nos últimos anos. Erros de lançamentos, escolhas de novos caminhos, não importa, o certo é apenas que o RPG e seu cenário mundial e nacional mudaram. A pergunta então deveria ser – como?

Quando dei de cara com este artigo lançado por Ethan Gilsdorf, autor de "Fantasy Freaks and Game Geeks”, lançada no The Boston Globe, achei que seria muito ilustrativo de algumas pequenas mudanças no cenário rpgístico mundial, embora centrado no D&D. Espero que curtam

Dungeons & Dragons contra-ataca
Depois de um período de declínio, o jogo icônica mostra sinais de recuperação, graças a uma atualização e uma maior diversidade de jogadores


Como um adolescente na década de 1980, Charles Starrett passava horas jogando Dungeons & Dragons com seus amigos, mas parou após o colegial. Seu interesse foi reavivado quando ele introduziu básicos role-playing games para suas duas filhas quando tinham seis anos de idade, e ele também convenceu sua esposa, Jung, à jogar.

"Elas simplesmente o engoliram", diz Jung Starrett sobre o interesse de suas filhas em D&D.

Agora o casal e suas filhas com 14 anos de idade, Sophia e Julia, se reúnem em torno de sua mesa de sala de jantar regularmente nos fins de semana para lançar dados poliédricos, matar orcs e hobgoblins e, dizem, desdobrandoe história de fantasia imprevisíveis juntos.

Como ele completa 40 anos este ano, o pioneiro role-playing game (ou "RPG") parece estar desfrutando de uma espécie de renascimento após um período de declínio. Uma vez que o jogo atraia principalmente brancos, meninos adolescentes suburbanos e homens jovens, D&D está atraindo um grupo mais diversificado de jogadores, devido em parte à grande popularidade de livros de fantasia, filmes e programas de televisão. E uma nova atualização do jogo está renovando o interesse entre os jogadores veteranos.

Estima-se que 20 milhões de pessoas o têm jogado e que passou pelo menos US$ 1 bilhão com seus produtos desde os primeiros dias do D&D'. Mas o jogo, que experimentou forte crescimento ao longo dos anos 1970 e 80, começou uma queda na década de 2000. A editora do jogo, a Wizards of the Coast, não disponibiliza números de vendas, mas analistas dizem que as vendas de RPG têm vindo a diminuir há anos, em parte suplantada pelo aumento dos videogames e cultura da Internet.

Em resposta, a Wizards, uma subsidiária da gigante Hasbro, lançou uma reformulação das regras do jogo este ano, informalmente conhecido como "Fifth Edition", que retorna o D&D às suas raízes baseadas na história. A resposta tem sido positiva.

"Quase todos os jogadores com quem falei disse que eles gostam das novas regras", diz David Ewalt, autor de "Of Dice and Men: A history of Dungeons & Dragons and the people Who Play it”. Quando um dos livros de regras básicas, o “D&D Player Handbook 5E", foi publicado em agosto, subiu para o topo da tabela de vendas da Amazon e bateu o número um nas listas da Publisher’s Weekly e Wall Street Journal na linha de não-ficção de capa dura.


Distribuidores e varejistas dizem que a nova edição está vendendo melhor que o esperado, diz Milton Griepp, fundador e CEO da ICv2, uma publicação que cobre a cultura geek - "E as expectativas eram altas."

Nacional e localmente (nos Estados Unidos), os varejistas estão dizendo que a nova edição está indo bem e atrai os jogadores para os jogos à noites. John Beresford, gerente livros na Pandemonium Books and Games, em Cambridge, relata que semanalmente os eventos de D&D na loja têm crescido em pelo menos 25 por cento. "A Quinta edição está recebendo um monte de jogadores nostalgia de volta para dar uma olhada e também está atraindo um número de novos jogadores", diz ele.

Ao contrário da última edição, lançado em 2008, o novo D&D se concentra menos imitando a ação de combate de jogo como vídeo e muito mais no facilidade do jogo, do role-playing e na narrativa. Também fazendo o jogo mais acessível, as regras pedem aos jogadores para considerar personagens que "não estão de acordo com as expectativas da cultura mais ampla do sexo, gênero e comportamento sexual." Seu mago de 12º nível pode ser gay.

Além de obter um impulso a partir da atualização do jogo, D&D e outros RPGs, também estão encontrando bases de jogador novatos.

"Tem havido uma expansão real do público nos últimos anos", diz Ewalt. Quando Ewalt foi para sua primeira convenção jogo há 20 anos, os participantes eram majoritariamente brancos, do sexo masculino, com idades entre 15 a 40. Quando ele participou da enorme convenção de RPG e Boardgames, GenCon, este verão em Indianapolis, "havia homens e mulheres, crianças e adultos, e pessoas de todas as raças e culturas. ''

Liz Schuh, diretor de publicação e de licenciamento para Dungeons & Dragons, concorda. "Estamos vendo uma ampla mistura de idades jogando o D&D hoje'', diz ela. "O jogo atravessa gerações, como pais introduzindo seus filhos para o jogo que inspirou-os quando crianças. ''

Uma das novas razões novas que estão fazendo o público abraçar D&D é que muitos de seus conceitos-chave já estão familiarizados à uma geração rica em jogos de vídeo. D&D gerou uma legião de game designers e programadores, e a indústria pegou emprestado o pensamento de D&D como equipar personagens, uso de nívels, o jogo cooperativo, representação de traços de caráter como estatísticas, as batalhas de fantasia, ambientes de masmorra e controlando avatares.

D&D também se beneficia da popularidade do entretenimento fantasia, tais como o "Senhor dos Anéis", "Hobbit" e "livros e filmes de Harry Potter '', e programas de TV como" Game of Thrones ". Como no caso de jogos de vídeo-game, o apetite para o consumo de mundos de fantasia é aquele que D&D, na verdade, teve um papel mais importante.

Uma geração inteira de roteiristas, escritores, diretores, músicos e atores que uma vez jogou D&D - incluindo Stephen Colbert, o falecido Robin Williams, Matt Groening, Vin Diesel e George R.R. Martin - têm abraçado com orgulho os seus dias de moradia no porão como uma medalha nerd de honra.

"Todas as crianças que estavam obcecadas com o jogo no início de 1980 têm crescido, e muitos deles estão em atividades criativas, por D&D tê-las animado sobre contar histórias e criar aventuras", diz Ewalt.

O alcance imaginativo do jogo se estende além do entretenimento popular. "O Gaming certamente forneceu-me uma praxis imaginativa que ajudou a preparar-me para a práxis imaginativa de ser um escritor", diz Junot Diaz, um Prêmio Pulitzer, escritor premiado e professor do MIT cujo grupo jogou D & D em 1980. "O jogo foi uma importante fonte de consolo, inspiração, emoção de aprender e jogar."

Chris Robichaud, autor de "Dungeons & Dragons and Philosofy" é um jogador veterano de D&D que joga desde os 10 anos de idade, está trazendo RPGs em sala de aula como uma ferramenta de aprendizagem. No Kennedy School of Government, onde ele é um professor de ética e política pública de Harvard, Robichaud tem ensinado D&D como simulação do tipo chamado Paciente Zero. "Eu queria dar a formuladores de política o criativo, fora da caixa. de pensar oportunidades que só um projeto de mesa com um gamemaster ao leme poderia realmente criar", diz Robichaud, que acredita que o seu jogo "tem a distinção" de ser o primeira pandemia zumbi em Harvard em uma simulação de mesa.

Os potenciais benefícios educacionais não são perdidos em jogadores mais jovens. De volta à casa de Starrett, Julia e Sophia dizem que jogam principalmente porque é divertido, mas o jogo também transmitiu habilidades valiosas da vida.

"Eu tenho a reputação de ser um dicionário ambulante, o que eu tenho por jogar D & D", diz Sophia, que tem blogado sobre "os benefícios de jogar D&D." Além de construir o seu vocabulário, as duas irmãs desfiar inúmeras outras bênçãos. O jogo melhora o pensamento crítico, tomada de decisão, inteligência espacial e de formação de equipe.

"Em D & D, se você estiver rumando para ter sucesso", diz Julia, "você tem que fazer parte de um grupo de indivíduos muito diferentes todos indo para o mesmo objetivo."

Na verdade, o jogo de role-playing é uma ferramenta perfeita para forjar comunidades e conexões", que podem malhar ainda mais a nossa sociedade em conjunto", diz o pai, Charles. "Podemos até mesmo explorar a possibilidade de viver uma vida como alguém que pensa muito diferente de como nós realmente pensamos, o que aumenta a compreensão e empatia para com aqueles que divergem de nós mesmos."


Como um guerreiro após uma batalha épica, D&D sobreviveu para lutar mais uma vez - e seus jogadores esperam continuar lutando por mais 40 anos.

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores: Warblade [Reno Blace - Wild C.A.T.S.]

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores
WARBLADE – Reno Blace [WILD C.A.T.S.]


Nível de Poder: 11

HABILIDADES
FOR 26/12 (+8/+1) DES 18 (+4) CON 22/12 (+6/+1) INT 14 (+2) SAB 14 (+2) CAR 12 (+1)

SALVAMENTO
Resistência +13/+8 [Impenetrável]; Fortitude +15/+10; Reflexo +7; Vontade +4.

COMBATE
Ataque +6, +10 [corpo-a-corpo]; Dano +8 [desarmado], +12 [garras/penetrante]; Defesa +10; Esquiva +5, Iniciativa +7.

PERÍCIAS
Acrobacia +8, Arte da Fuga +6, Furtividade +10, Intimidar +9, Intuir intenção +6, Notar +6, Procurar +7, Sobrevivência +5.

FEITOS
Ação em movimento, Agarrar aprimorado, Alvo esquivo, Ambidestria, Assustar, Ataque acurado, ataque dominó 2, Ataque furtivo 2, Avaliação, Bloquear aprimorado 2, Durão, Evasão, Foco em ataque 4 [corpo-a-corpo], Golpe em sequência, Iniciativa aprimorada, Mobilidade, Sem medo, Zombar.

PODERES
Forma alternativa 22 [Metal – Feito: Inato – Falha: Ação/Reação]
Força Ampliada 6
Constituição Ampliada 10
Densidade 4 [For +8, Proteção 2/impenetrável, Imóvel , Super-força 1]
Alongamento 2
Criar Objeto 2 [Lâminas, machados, martelos - Falha: Limitado/apenas nos braços]
Escudo 5 [Extra: Impenetrável]
Escudo mental 3
Camuflagem 8 [Falha: Limitado à máquinas]
Proteção 5 [Extra: Impenetrável]
Imunidade 15 [balas, Impacto]
Golpe 4 [Garras - Feito: Pujante, Alcance estendido, Preciso, Crítico aprimorado; Extra: Penetrante +2]

Pontos: 183
22 (habilidades) + 7 (salvamento) + 32 (combate) + 9 (perícias) + 24 (feitos) + 89 (poderes)


sábado, 27 de dezembro de 2014

Nave de Halo feita de Lego


Nave de Halo feita de Lego

Adoro quando surgem essas miniaturas feitas de Lego que com perfeição recriam veículos ou cenários famosos. A criação da vez é a espaçonave de Halo: Combat Evolved. Lee Jones à construiu gastando mais de sete mil dólares em peças de Lego. O resultado foi uma maquete medindo 2,5 metros, pesando mais de 100 kg e que levou três anos e meio de trabalho... mas valeu à pena. Os detalhes são impressionantes!








sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Dungeons (e mapas) para suas aventuras - 10


Salas alongadas

Embora muitos digam que os mapas servem para orientar os jogadores, eu discordo. Os mapas, na verdade, devem servir para confundir os jogadores. Quanto mais assimétricos, curvos, irregulares, desnivelados, melhor, Isso garante um elemento à mais para que os jogadores se preocupem e mesmo apimentem a aventura. O mapa que trago hoje, embora menos assimétrico que o de salas redondas, possui uma boa dose de complicadores para os jogadores. Suas salas alongadas, e em muitas oportunidades corredores que fazem as vezes de salas, proporcionarão ao grupo uma falsa noção de que sabem para onde estão indo, quando na verdade estarão cada vez mais se perdendo. Experimentem e comprovem!


Seriados na Confraria: Teaser da nova temporada de Penny Dreadful


Seriados na Confraria
Teaser da nova temporada de Penny Dreadful

Penny Dreadful foi uma grata surpresa entre as séries de 2014, pelo canal Showtime. Numa mescla de suspense, terror e ação, ela cativou o público com personagens como Dorian Gray, Victor Frankensteis, o lobisomen e tantos outros. Sua volta é muito aguardada e acaba de ganhar um primeiro teaser. No elenco temos Timothy Dalton (“007 – Marcado para morrer”), Eva Green (“300: a ascensão do império”), Josh Hartnett (“Pearl Harbor”), Reeve Carney (“A Tempestade”), Rory Kennear (“O Jogo da Imitação”) e Harry Treadaway (“Cidade das Sombras”), enter outros.

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores: Marreta - Jeremy Stone [Maul - Wild C.A.T.S.]

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores
MARRETA – Jeremy Stone [Maul – Wild C.A.T.S.]


Nível de Poder: 10

HABILIDADES
FOR 40/16 (+15/+3) DES 12 (+1) CON 28/16 (+9/+3) INT 12 (+1) SAB 12 (+1) CAR 12 (+1)

SALVAMENTO
Resistência +9*/+3; Fortitude +13*/+7; Reflexo +2; Vontade +3.

COMBATE
Ataque +6; Dano +3 [corpo-a-corpo/tamanho normal], +15 [corpo-a-corpo/tamanho máximo]; Defesa +6; Esquiva +3; Iniciativa +1.

PERÍCIAS
Concentração +2, Conhecimento [tecnologia] +8, Intimidar +6, Notar +4.

FEITOS
Agarrar Aprimorado, Arremessar Aprimorado, Assustar, Ataque poderoso, Atropelar Aprimorado, Derrubar Aprimorado, Durão, Interpor-se, Quebrar Aprimorado, Quebrar Arma.

PODERES
Crescimento 12 [até Descomunal – For +24, Con +12 – Feito: Inato, Golpe em crescimento – Ligado - Drenar 6 [Habilidade/Inteligência – Falha: Alcance/pessoal]
PA: Encolhimento 8 – ligado – Habilidade ampliada 8 [Inteligência]
Regeneração 6 [Machucado 2, Ferido 2, Desabilitado 2]

Pontos: 117

20 (habilidades) + 7 (salvamento) + 24 (combate) + 4 (perícia) + 10 (feitos) + 52 (poderes)


Conto: A bárbara e a caça - uma fábula de Natal em Arton

A bárbara e a caça
- Uma fábula de Natal em Arton -

João Eugênio C. Brasil


A pequena Huryn afundava as botas de couro de cervo na neve enquanto seguia o rastro de sua presa. Já faziam algumas horas desde de que ela localizara as sutis marcas na neve. Não fosse o tempo firme do último dia e a neve teria coberto tudo.

De qualquer forma a nevasca da última semana havia deixado quase meio metro de neve em toda a extensão das Montanhas Uivantes, o reino gelado do leste, e isso era um complicador à mais para ela se deslocar, embora essa fosse uma de suas especialidades.

Um dia antes o chefe do clã, que também era seu pai, pedira para que ela assumisse a missão de conseguir uma caça digna, uma ave muito peculiar, estranha e perigosa daquela região, mas igualmente saborosa. Mas não só por suas peculiaridades é que tal presa fora determinada. Ela era um símbolo também. Seria a oferenda da tribo ao seu deus, um deus menor, é verdade, mas a divindade que eles adoravam. Todo ano, naquela mesma época, quando as nevascas ficavam quase que constantes, muitas tribos de bárbaros da região lembravam de um dos seus. Ele não tinha nome, ou pelo menos não lembravam qual era. Mas sua história era passada geração após geração nas beiradas das fogueiras, nas conversas entre aprendizes e mestres, nas noites frias dentro das casas.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores: Blink [Clarice Ferguson]

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores
BLINK – Clarice Ferguson


Nível de Poder: 8

HABILIDADES
FOR 12 (+1) DES 16 (+3) CON 12 (+1) INT 14 (+2) SAB 12 (+1) CAR 12 (+1)

SALVAMENTO
Resistência +1; Fortitude +5; Reflexo +5; Vontade +4.

COMBATE
Ataque +8, +10 [Raio teleportador]; Dano +1 [desarmado], +6 [Raio]; Defesa +10; Esquiva +5, Iniciativa +7.

PERÍCIAS
Acrobacia +6, Concentração +6, Conhecimento [Tecnologia] +8, Conhecimento [Tática] +6, Furtividade +5, Intuir intenção +7, Notar +4.

FEITOS
Ação em movimento, Alvo esquivo, Arremessar aprimorado, Ataque atordoante, Ataque defensivo, Bloquear aprimorado, Especialização em ataque [Raio], Evasão, Flanquear aprimorado, Iniciativa Aprimorada, Liderança, Saque rápido.

PODERES
Teleporte 10 [Extra: Alcance 2/à distância; Exato; Portal - Feito: Mudar direção, Progressão 4, Alcance ampliado 10 (entre Terra e Lua)]

Raio 6 [Feito: Preciso, Maestria em arremesso - Extra: Automático, Área/Estouro] – Ligado – Teleporte 6 [Extra: Alcance 2/à distância]

Pontos: 207

18 (habilidades) + 9 (salvamento) + 36 (combate) + 7 (perícias) + 12 (feitos) + 125 (poderes)


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Agora um gerador de background


Agora um gerador de background

Depois dos geradores de sistema solar e planetas, Morrus nos presenteia com mais uma ferramenta muito útil – um gerador de background. Segundo ele esse dispositivo serve para tirar a pressão criativa de cima dos jogadores e mestres que nem sempre tem tempo o paciência para isso. Os dados fornecidos são simples, mas o suficiente para dar um pontapé inicial ao jogador ou meso usá-lo assim mesmo. O programa está preparado para Pathfinder, mas isso é apenas um detalhe para mestres e jogadores interessados. Você pode determinar algumas características como raça, classe, sexo ou alinhamento, entre outras coisas e com apenas um clique você ganha o background pronto!!!  Veja um exemplo abaixo:


Acesse a ferramente AQUI

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Seriados na Confraria: Luke Cage definido

Seriados na Confraria
Luke Cage definido


Agora é oficial – Mike Colter (“Salt” e “A Hora Mais Escura”) será Luke Cage no seriado no NetFlix. O terceiro protagonista confirmado para o conjunto de quatro seriados da Marvel, que estão sendo produzidos pelo NetFlix, foi confirmado depois de muitos rumores. Personagem da área conhecida nos quadrinhos como Cozinha do Inferno, em Nova Iorque, ele começará a aparecer recorrentemente no seriado de Jessica Jones (que nos quadrinhos é sua esposa), interpretada por Krysten Ritter (“Apartament 23”) e depois estreará a sua própria série.


Dungeons (e mapas) para suas aventuras - 9


Templo perigoso

E vocês imaginaram que eu não postaria o mapa desta terça?! Apenas um atraso por esses dias loucos pré-natal, mas aqui está. Ou melhor, aqui estão! Um templo de quatro andares que não é muito extenso, mas com muitas possibilidades, principalmente para seções que estejam centradas em invadir um local à procura de algo, mas sem querer chamar muito a atenção! Mas também pode ser o ponto final de uma quest para enfrentar um poderoso sacerdote, ou um culto maligno ou até mesmo um lich.

Ele é composto por um andar térreo e mais dois para cima, e um para baixo. A maioria dos ambientes já está numerada, o que facilita para o mestre se organizar, além de que ele já tem o mobiliário todo desenhando, facilitando também ao mestre a escolha do que é cada lugar. 

TÉRREO:



PRIMEIRO ANDAR: 



SEGUNDO ANDAR: 



SUB-SOLO: 


Crie seu sistema solar completo (ou planeta) com apenas um clique


Crie seu sistema solar completo
(ou planeta) em apenas um clique

Tem coisas que são de impressionar logo da primeira vez que a vemos! Posso assegurar isso com o Gerador de Sistemas Solares para o sistema N.E.W. The Role Playing Game, autoria de Morrus. Um dia falarei desse sistema que é muito interessante, mas hoje farei a apresentação deste ótimo aplicativo. Com apenas um click em um botão e todo um sistema solar é criado com todas as informações que você precisa inclusive com o nome do sol (ou dos sóis), o nome do planeta, quantidade de luas, dimensões, se tem asteróides, se tem civilizações inteligentes e algumas informações sobre a estrutura dos astros. Tudo isso é apresentado em um bonito Box que abre com a ilustração de todos os astros. Ele é perfeito para todo o tipo de aventura interplanetária não importando qual sistema estejamos usando.


Além dele há também o Gerador de Planeta Individual. Neste programinha, que pode ser visto como complementar ao gerador de sistemas solares, ele apresenta informações sobre o planeta tal como estrutura física, dimensões, clima, atmosfera, gravidade, tecnologia da civilização que ali reside e a estrutura de suas luas.


Divirta-se com eles!!

Acesse o Gerador de Sistemas Solares AQUI


Acesse o Gerador de Planetas Individual AQUI

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Games na Confraria: um maravilhoso Final Fantasy XV em 2015


Games na Confraria
Um maravilhoso Final Fantasy XV em 2015

Quer jogar algo de gráficos impressionantes e jogabilidade de primeira? Então espere por Final Fantasy XV. O trailer do novo jogo da franquia, desenvolvido pela Square Enix, foi apresentado durante a Jump Fest, no Japão. Um dos primeiros comentários feitos pelos desenvolvedores é que eles estão dando menos atenção para a história em si, mas que isso será compensado pela jogabilidade. Podemos esperar muita coisa interessante, até mesmo uma exploração de uma cidade feita pelos olhos de um cachorro (a Dog Cam) será feita. Outra inovação é que os personagens terão que dormir, para se recuperar, e que o cenário terá a alteração dia/noite (com 1 hora cada de tempo real de jogo).

O jogo será lançado para PS4 e Xbox One em 2015.




Tema natalino da Wizard of the Coast


Tema natalino da Wizard of the Coast

A galera da Wizard of the Coast realmente não tem mais o que fazer além de se divertir. A última deles foi o lançamento de um vídeo com uma versão nerd para uma música clássica inglesa – “Carol” (1870) - em uma versão natalina nerd baseada em RPG.


Acompanhe a letra abaixo:


Está chegando o Iron Kingdoms Unleashed Adventure Kit

Está chegando o Iron Kingdoms
Unleashed Adventure Kit

Reinos de Ferro está recebendo o Iron Kingdoms Unleashed Adventure Kit, um conjunto de elementos de cenário e tokens para serem utilizados com as miniaturas que a Privateer Press está lançando. São 9 mapas de dupla face e mais 28 peças também de dupla face. Parece pouco, mas com esses mapas é possível montar uma área de jogo de 900 cm quadrados.