quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

#IHunt: The Tabletop RPG - direto, cru e crítico


#IHunt: The Tabletop RPG
- direto, cru e crítico -


Vamos falar de jogos sensacionais e crítico? Então vamos falar de #IHunt: The Tabletop RPG. Criação de Olivia Hill e Filamena Young, lançado pela Machine Age Productions e baseado no sistema FATE, ele é um RPG diferenciado por toda sua tônica e temática. Ele surgiu baseado na série de romances de Olivia Hill chamado de iHunt: Killing Monsters in the Gig Economy.

O RPG já começa de forma diferente e direta: “#iHunt é um jogo de e para a comunidade LGBTQ+. Este é um jogo de e para pessoas pobres. Este é um jogo para todas as pessoas que a sociedade deixa para trás e deixa cair pelas beiradas. Escrevemos este jogo para nos vermos chutando a bunda em um mundo em que a indústria de jogos em geral ainda é hostil à diversidade, apesar de todas as alegações em contrário. Este não é um jogo com uma barra lateral sobre como “você tem permissão para interpretar personagens não binários de gênero”. Este é um jogo sobre pessoas marginalizadas.”

Infelizmente o tema LGBTQ+, assim como política ou economia no RPG e que também serão abordados nele, ainda são alvos da ira de uma parcela considerável e preconceituosa da sociedade. E não é por ser um produto para nerds e geeks (com muitas aspas aqui) que haveria menos preconceito e hostilidade. É óbvio que uma mensagem dessas logo na segunda página do livro pode parecer um fechar de portas para quem não pertence à comunidade. Ledo engano. Uma mensagem dessas está apenas apresentando o cartão de visitas do que todos poderão ler nas páginas e nas entrelinhas que virão à frente. É uma forma de dizer “se isso te incomoda, este não é um RPG para você... tchau!”. Mas ele é um RPG para todos, para todos os que não se incomodam com isso, pois não há nada para se incomodar com isso.

Você pode jogar se não pertencer a um desses grupos marginalizados? Lógico. Mas temos que ter claro que este é um jogo escrito com essas preocupações, sem desculpas ou medida de palavras. Este é o nosso mundo e você é um dos alvos centrais desse RPG ou pode ser um turista, ser educado e respeitoso, e que vai se divertir com esse jogo e entender o que se passa com muitas das pessoas que às vezes estão ao nosso lado e não percebemos ou insistimos em não ver nada.

E não para por aí. #iHunt é um jogo para bater na cara da realidade econômica e política quando ele joga e compara a realidade vivida no mundo do cenário com a realidade vivida por muitos de nós. A atmosfera de #iHunt é palpável e crua e isso é fundamental tanto na criação do ambiente do jogo quanto no entendimento do que está por trás desse ambiente e o quanto ele é baseado no real. Os temas de #iHunt se interligam em um amálgama coerente e necessário. O verdadeiro monstro aqui pode ser claramente indicado como a crueldade do capitalismo em estágio avançado e, de certa forma, os monstros que enfrentamos neste RPG, vampiros, lobisomens e demônios, são tão vítimas dele quanto qualquer outra pessoa. Vejamos a seguir.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Starfinder RPG - The Threefold Conspiracy - Matéria Cinzenta



Starfinder RPG
The Threefold Conspiracy
Matéria Cinzenta

Um homem barbudo, vestido com uma armadura azul, correu pelos corredores laterais da Estação Absalon, com seu capelet de ouro aparecendo atrás dele. Com os olhos arregalados, ele lançou olhares por cima do ombro enquanto se afastava dos cantos e quase derrubava pilhas precariamente empilhadas de caixas vazias e lixo. Ele parou em frente a uma porta sem identificação em uma estrutura indefinida e rapidamente digitou um código de oito dígitos no teclado próximo, murmurando: “Depressa, apresse-se”. As múltiplas fechaduras foram desengatadas com uma série de cliques eletrônicos e o homem abriu a porta com uma expiração aguda. A luz do outro lado se derramava no beco.


A luz brilhante envolveu Reyard Maldun enquanto ele cochilava no sofá em seu escritório. Ele sentou-se por apenas um momento para descansar os olhos depois de um longo dia de apresentação de relatórios, pensando que em breve iria comer algo no jantar no lado de fora da base, mas claramente mais de alguns minutos se passaram. Para os ouvidos de Reyard, parecia que o resto do escritório estava vazio. Ele tentou mover o braço para bloquear a luz do rosto, mas descobriu que não podia. Ele estava paralisado. Tudo o que ele podia fazer era respirar e esperar.

Segundos depois, ele se sentiu sendo levantado, sem peso em um raio de luz. Ele começou a flutuar suavemente em direção à janela. Ele podia ver seu rosto - uma máscara de terror - refletido no vidro enquanto ele parecia passar silenciosamente através dele e no céu noturno além.


Olhando-se no espelho, Reyard passou os dedos pelos cabelos castanhos emaranhados. Quanto tempo se passou desde que ele os cortou? Há quanto tempo que ele tinha tomado banho? Comeu uma boa refeição? Dormiu uma noite inteira?

Não importa. Tais trivialidades eram para aqueles que não estavam sendo caçados. 

Fichas para Marvel Heroic RPG - Série Aranhaverso - Superior Homem-Aranha [Otto Octavius]


Fichas para Marvel Heroic RPG
Superior Homem-Aranha [Otto Octavius]
Ficha MHRPG 017


Afiliação Solo d10 - Colega d6 - Equipe d8

Distinções (d4+1PP ou d8)
Gênio arrogante
Grandes poderes, nenhuma responsabilidade
Herói amigo da vizinhança

Poderes
Poderes Aranha
Sentidos Aprimorados d8
Reflexos Sobre-humanos d10
Vitalidade Aprimorada d8
Força Sobre-humana d10
Rastejar na Parede d6
   SFX:  Sentidos Aranha. Gaste 1 PP para adicionar sentidos aprimorados (ou aumente em +1 se já estiver no seu conjunto de dados) e role novamente todos os dados em uma reação.
   SFX:  Segundo fôlego. Antes de você fazer uma ação, incluindo um poder de Poderes Aranha, você pode mover seu dado de estresse físico para o doom pool e aumentar o poder de Poderes Aranha em +1 neste turno.
Limite: Esgotado. Desligue qualquer poder de Poderes Aranha para ganhar 1 PP. Recupere o poder ativando uma oportunidade ou durante uma cena de transição.

Arsenal Aracnídeo
Arma d8
Balançar-se d8
Resistência Aprimorada d8
   SFX: Garras. Adicione d6 ao seu conjunto de dados para uma ação de ataque e diminua -1 no dado mais alto do seu conjunto. Intensifique o estresse físico causado em +1.
   SFX: Muitas Armas. Adicione d6 e mantenha um dado de efeito adicional para cada alvo adicional.
   SFX: Agarrar. Adicione d6 e aumente o dado de efeito por +1 ao infligir uma complicação relacionada à Teia em um alvo.
   SFX: Rastreador Aranha. Gaste 1 PP ou use um dado de efeito para criar uma complicação “Rastreada” para um alvo. Você pode rastrear esse alvo em qualquer lugar até que a complicação seja removida ou que o Sentidos Aprimorados seja desligado.
   SFX: Construções de Teia. Ao criar ativos relacionados à Teia, adicione d6 e aumente o dado de efeito em +1
Limite: Equipamentos. Desligue o Arsenal Aracnídeo para ganhar 1 PP. Recupere o poder executando uma ação contra o doom pool ou durante uma cena de transição

Especialidades
Mestre em Acrobacia d10
Especialista em Crime d8
Especialista em Psicologia
Mestre em Ciências d10
Especialista em Combate d8
Especialista em Cobertura d8
Mestre em Tecnologia d10
 [Você pode converter Especialista D8 para 2D6,
ou MestreD10 para 2D8 ou 3D6]

Marcos
Pela ciência!
1 XP   ao revelar um novo golpe associado às Especialista em Crime, Ciência e Tecnologia.
3 XP   quando você se envolve em um confronto com outro herói em relação ao uso de suas Especialidades e sua ação ou reação total o torna o vencedor.
10 XP quando você ignora uma situação crítica para concluir um projeto ou abandona um projeto crítico para ajudar um colega de equipe.

O “Superior” Homem-Aranha
1 XP   quando suas ações fazem com que um aliado questione sua identidade ou sua sanidade.
3 XP   quando você lida com trauma físico a um inimigo à vista de espectadores não combatentes.
10 XP quando sua vantagem violenta resultar em você ser expulso de uma equipe ou se demitir para criar uma equipe ou organização para executar sua própria marca de justiça.
  
Ficha em PDF (frente e verso)





terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Dragon Stew, um suplemento doce para D&D 5E



Dragon Stew, um suplemento
doce para D&D 5E

Existem suplementos que são adoráveis por si só. Esse é um exemplo de Dragon Stew, novo suplemento para D&D 5E que está em um financiamento coletivo de muito sucesso. Ele trás todas as ferramentas para que a culinária e toda a sua magia seja explorada em suas aventuras e campanhas de D&D 5E. O livro de capa dura e cerca de 140 páginas totalmente coloridas é adorável em cada detalhe e merece uma atenção de todos os que curtem um interessante e bem feito material de RPG. Seu valor é de €15 euros para cópia digital e €40 para cópia impressa. A estimativa de entrega é para setembro próximo!


Vamos conhecer o projeto da página de financiamento coletivo?


Dragon Stew é um suplemento da quinta edição que fornece aos jogadores e aos Mestres as ferramentas para trazer a magia da culinária para seus jogos. Todo o conteúdo incluído no livro foi projetado para ser extremamente fácil de aprender e usar, independentemente de ser uma adição divertida ao seu jogo de longa duração ou iniciar uma nova e curta aventura. O livro foi ilustrado com cuidado, repleto de arte personalizada que dá vida ao mundo. 

Série Pop Culture Catalog para Starfinder - torne seus Mundos do Pacto mais reais -



Série Pop Culture Catalog para Starfinder
- torne seus Mundos do Pacto mais reais -

RPG é um terreno fértil para criatividade. Mestres, jogadores e fãs de cenários e sistemas amam criar. Ora, temos um ambiente que precisa ser povoado e recheado de elementos. Além disso, temos os gostos e preferências de nossos jogadores, uns mais tranquilos e flexíveis, outros mais espartanos e fieis, mas todos querendo novidades para seu cenário. Por isso tudo que a série Pop Culture Catalog, lançada pela Rogue Genius Studio para Starfinder, é tão interessante. Este é o exemplo do que fãs ávidos podem ser capazes de realizar tendo em mãos a possibilidade de criar dentro de um sistema oficial e amado a partir de sua licença de uso (SDR).

Pop Culture Catalog é uma coleção de suplementos compatíveis com Starfinder tentando preencher um espaço enorme de pequenas, mas importantes e interessantes, coisas que são muito úteis em um cenário. Por mais que mestres empenhados em um bom trabalho tentem, nem sempre pensamos no nome de um drink para uma determinada região, ou em quais sites são mais usados em determinado planeta ou mesmo que restaurante de renome o grupo pode encontrar em um determinado satélite. Pois o Pop Culture Catalog tenta ajudar nisso tudo.

Até o momento foram lançados oito suplementos dos mais variados temas, todos com autoria ou co-autoria de Alexander Augumas e dentro da licença de uso da Paizo para Starfinder. Pelo uso dessa licença temos a primeira característica do material e que temos que ressaltar aqui – ele não usa nomes de lugares oficiais. Mas isso é apenas um detalhe, já que podemos, conforme nossa campanha ou grupo, introduzir esses locais onde bem desejamos do material oficial. 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Deck of Many Worlds - Faça seus planetas em Starfinder


Deck of Many Worlds
Faça seus planetas em Starfinder


Existem acessórios que são incríveis por si só. Mas alguns deles se tornam ferramentas importantíssimas conforme o cenário e o sistema que usamos. Este é o caso do Deck of Many Worlds, da Paizo para Strafinder.

A premissa de Starfinder é que temos todo o universo como pano de fundo para nossas aventuras, ou seja, temos infindáveis mundos que podemos explorar e nos aventurar. Ora, por mais boa vontade que mestres tenham, criar mundos pode se tornar algo exaustivo. Sem contar aquelas vezes em que os aventureiros resolver sair de nossa rota programada e temos que criar algo de última hora. Para tudo isso que serve o Deck of Many Worlds.

Lançado algumas semanas atrás ele foi lançado pela editora Paizo com a intenção de suprir mestres como uma ferramenta que facilite seu trabalho no momento de criar mundos de uma forma aleatória, mas ao mesmo tempo balanceada e divertida. Com uma combinação de cartas aleatórias ou escolhidas especificamente organizadas, você tem um mundo completo e povoado prontinho para ser explorado.


Vamos conhecer esse deck sensacional um pouco mais de perto? Tudo começa com um card principal (de 100 possíveis de dupla face) representando o tipo de planeta – um gigante gasoso, um mundo de lava, uma verdadeira pedra espacial de gelo ou um planeta semelhante em estrutura à Terra, entre tantos outros. Ele servirá de base para nossa criação. Nesse primeiro card temos algumas informações e estatísticas sobre nosso mundo e que podem ser usados como ganchos para nossa aventura. Abaixo da imagem e dessas informações temos uma série de tags que descrevem o que poderemos encontrar nesse mundo, dispostos em uma determinada ordem. A quantidade ou relevância de cada um desses tags é indicada de forma inteligente e aleatória por um sistema simples de setas e traços que completa as informações conforme adicionamos outro card à nossa estrutura.

Vamos usar o exemplo de um gigante gasoso.  Ele possui as tags nesta ordem: Religion - Magic – Law/Caotic – Good/Evil – Accord – Tech. Ao colocarmos o card abaixo ele nos fornece as seguintes informações.


Portanto, segundo as indicações, nosso gigante do gás tem uma quantidade moderada de atividade religiosa, mas é bastante rico em magia. Embora não tenha tendência para o bem ou para o mal, é uma sociedade muito caótica, talvez devido a toda essa magia correndo pelo ar. "Accord" refere-se a quão bem a população do planeta se relaciona, então um planeta de alto nível como esse pode ter um governo mundial, embora, considerando que seja um lugar tão caótico, talvez algo mais esteja mantendo as pessoas deste mundo juntos. Um inimigo comum, talvez? Finalmente, é um mundo de baixa tecnologia, portanto eles não teriam naves com capacidade de deriva e talvez não tivessem nenhuma capacidade de vôo espacial. Como plots para usarmos há duas informações nesse card adicionado abaixo: ameaças espectrais aparecem à noite aqui e as criaturas desse mundo têm uma característica fisiológica compartilhada. As imagens dos d6 também dão informações (falaremos disso adiante).


Com isso pronto podemos povoar nosso novo mundo com espécies alienígenas relevantes. São 200 espécies alienígenas diferentes. As criaturas colocadas à esquerda do card principal são sapientes e representam população predominantes, enquanto as criaturas colocadas no lado direito são criaturas que representam ameaça no planeta. Quanto mais próximas (de um lado ou de outro) do card central, maior sua população. Cada card de alienígena vem com uma referência de em qual suplemento suas informações poderão ser encontradas.

Agora que já conhecemos superficialmente seus aspectos vamos ver sua mecânica. A mecânica de funcionamento é simples: compre uma carta e use o lado do planeta, compre uma segunda carta e alinhe-o abaixo com as setas ligadas aos aspectos (que fornecem os níveis de cada aspecto, o gancho e os d6s aleatórios), compre um número de cartas igual a o d6 mais à esquerda para definir as espécies inteligentes naquele planeta e um número de cartões igual ao d6 mais à direita para definir as espécies ameaçadoras. Opcionalmente, você pode comprar uma carta final para definir o sistema planetário usando os d6s e o gancho. Simples.


O baralho também inclui 10 cartas de instruções para acelerar sua velocidade. As cartas também podem ser usadas para desenvolver assentamentos aleatórios, luas e NPCs. As imagens de dados também podem complementar as informações secundárias sobre o planeta: quantos planetas existem nesse sistema, quantas luas cercam o planeta, quantos continentes existem no mundo ou quantas criaturas sapientes chamam esse mundo de lar.

Para quem tiver interesse o Deck of Many Worlds pode ser adquirido no site da Paizo (LINK). E, lógico, sabemos que a New Order vai fazer de tudo para nos trazer essa maravilhosa ferramenta!.

RPG Map Editor 2

RPG Map Editor 2

Mapas são fundamentais para RPG. Noção de espacialidade e posicionamento fazem muita diferença no momento de escolhermos ações em nosso sistema preferido. Ontem, ao procurar uma nova ferramenta com a filha para ela fazer seu mapa descobri essa novidade (para mim ao menos). O RPG Map Editor 2 é um programinha que podemos baixar (de graça) no computador ou executá-lo no navegador. Ele não chega a ser tão simples, mas é intuitivo.

Segundo o criador, ele está sempre em reformulação para aprimorá-lo ainda mais. Ele tem variadas opções de cores, objetos e opções de piso, paredes e etc. Não tive tempo de testá-lo com cuidado, mas o farei. As imagens de produções dele são muito interessantes, inclusive com efeito de pontos de luz. Vale uma conferida!

Acesse RPG Map Editor 2 AQUI!





sábado, 22 de fevereiro de 2020

Criaturas para Pathfinder 2E - Gamemastery Guide e Ailuran


Criaturas para Pathfinder 2E
Gamemastery Guide e Ailuran


Um dos próximos lançamentos que a Paizo está tirando do forno é Pathfinder Gamemastery Guide. Uma das partes mais esperadas do livro é um guia com etapas para criação de monstros e criaturas. Para ilustrar essa excelente ferramenta Logan Bonner e Adam Daigle (desenvolvedor) criaram, ao vivo, uma criatura novinha em folha e inédita. Confiram:

Ailuran
Os ailuranos são feéricos reclusos com uma obsessão por prata. Essa fixação faz deles um aborrecimento para os mineiros e licântropos. Embora as criaturas não tenham necessariamente má vontade com os outros e prefiram apenas ficar sozinhas, os mineiros as consideram pragas. Os ailuranos, às vezes chamados de buscadores de prata, são famosos por invadir minas de prata para obter o objeto de seu afeto - prata. Os mineiros, que não querem ser roubados, ficam alertas para as atividades de ailuran.

Não se sabe por que os ailuranos têm animosidade com licântropos, mas sua obsessão por prata serve bem nesse sentido. Alguns ailuranos usam a prata que colecionam para fazer armas de prata que usam para caçar esses licãntropos. As criaturas cientes dessa inimizade tendem a evitar regiões onde os ailuranos vivem.

Os ailuranos vivem em pequenos grupos em colinas e montanhas arborizadas isoladas - geralmente locais em que a prata pode ser encontrada em abundância. Quando não estão invadindo minas, os ailurans podem ser encontrados em árvores onde costumam fazer suas casas. Eles têm uma capacidade sobrenatural de sentir a presença de prata e são conhecidos por abordar os viajantes e cobrar-lhes um pedágio de prata para permitir a passagem por suas terras. Embora não sejam externamente amigáveis, muitos ailuranos estão abertos ao comércio e trocam as criaturas que passam por suas florestas. No entanto, se um visitante causa uma má impressão, as criaturas às vezes usam sua magia ilusória para criar itens de prata falsos que eles usam para trocar, deixando o viajante de mãos vazias quando a duração da mágica acabar.

Ailuran (2)                              Criatura 5
Incomum, CN, Pequeno, Fada
Percepção +14; visão com pouca luz, praticidade (imprecisa) 10m
Idiomas comuns, sylvan
Perícias  Atletismo +12, Diplomacia +10, Natureza +12, Saber de prata +13, Discrição +10, Sobrevivência +10
For +4, Des +5, Con + 4, Int +4, Sab +3, Car +4

Itens bumerangue, clava
Sentir Prata permite que o ailuriano sinta a presença de objetos de prata.

CA 20; Fort +9, Ref +12, Vont +15; +1 em status para todos vs. veneno
PdV 80; Fraquezas ferro frio 5; Resistências prata 5

Velocidade 6m
Corpo a corpo [uma ação] clava 13, Dano 1d6+6 Cc
Corpo a corpo [uma ação] garra +13 (agilidade), Dano 1d6+6 Ct
Combate à Distância [uma ação] bumerangue +13 (incremento de alcance de 6m), Dano 1d6+6
Feitiços primários inatos CD 20, ataque +12;  Criar Passagem;  Poeira Reluzente (x2), Objeto Ilusório (à vontade; somente objetos de prata); Truques (3º) luzes dançantes; Constante (2º) Fala com Animais.
Lançamento de Retorno [duas ações] O ailuran faz um ataque com bumerangue, após o qual o bumerangue retorna à mão do ailuran.
Amparo em Prata [uma ação] O ailuran come uma quantidade de prata igual a 10 pp e recupera 1d6 de pontos de vida. Um ailurano pode subsistir consumindo prata em vez de comida normal.
Ataque furtivo O ailurano causa 1d6 de dano extra preciso para criaturas surpresas.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

História dos RPGs de Super-heróis - Parte 4 -


História dos RPGs de Super-heróis
- Parte 4 -

Com certeza não é tarefa fácil criar um lista deste tamanho para apresentar os sistemas de RPG de super-heróis. Hoje vamos bater os duzentos sistemas e ainda sinto que falta algo. Ao mesmo tempo tem sido uma grande diversão, além de um aprendizado extraordinário!


151. The Big Book of Little Games (2012) 


De John Wick , lançado pela John Wick Presentes, ganhando na premiação Melhor Acessório do UK Games Expo People’s Choice Awards. Os jogadores assumem personagens com uma poderosa bênção sobrenatural e uma maldição transmitida através das gerações. A reviravolta está na capacidade desses herdeiros de matar e roubar esses presentes uns dos outros.


152. Evil, Inc. Sourcebook vol. 1: Heroes and Villains (2012)


Criação de Scott Bernie, lançado pela Hero Games, este é o primeiro de dois volumes que na verdade não possuem mecânica, já que se valem do sistema Hero System 6. Mesmo assim ele é uma ótima opção, oferecendo materiais genéricos.

Advanced Occult Guide repleto de novidades para Starfinder


Advanced Occult Guide
repleto de novidades para Starfinder

Para quem é fã de Starfinder RPG e está sempre atrás de novidades, por que não apostar em Advanced Occult Guide? Ele é um produto compatível com Starfinder valendo-se de sua licença e que está em financiamento coletivo.

São mais de 200 páginas que trazem novidades, novas regras e muitas opções para seus jogos nos Mundos do Pacto. O Advanced Occult Guide incluirá:

- 3 classes (Elementian, Shapeshifter e Zoomer);
- 4 Arquétipos;
- 5 Temas;
- 15+ Corrupções;
- 15+ Rituais Ocultistas;
- 25+ Feitiços para Místicos, Tecnomancers e Witchwarpers;
- Mais de 10 peças de equipamento;
- E muito mais!


Vejamos a chamada da editora no site do financiamento:

Blacksad: the RPG em financiamento


Blacksad: the RPG
em financiamento


Procurando um RPG novo? Que tal experimentar Blacksad: the roleplaying game? Este é um novo projeto da editor espanhola Nosolorol (mesma editor de Cultos Inomináveis, que está sendo lançado pela Boró Brasil). A boa notícia é que ele já está financiando, ainda restando 12 dias de financiamento.


Os valores são interessante, onde com 15 euros você já adquiri o PDF do jogo, enquanto que com 35 euros você adquiri o livro físico com capa dura. Vamos ver as informações da página do financiamento:


Bem-vindo ao Blacksad: The Roleplaying Game. Conte histórias baseadas nas HQs de ficção noir de Juan Díaz Canales e Juanjo Guarnido, ganhador do prêmio Eisner. Situado nos primeiros anos da Guerra Fria, em um mundo cheio de animais antropomórficos, um gato preto chamado John Blacksad trabalha como detetive. Ao longo dos numerosos volumes que definem a série, Blacksad resolve casos, confronta com seu passado e sofre todos os tipos de aventuras que giram em torno dos temas clássicos da ficção noir.