sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Starfinder Critical e Fumble Decks



Starfinder Critical e Fumble Decks

Duas semanas atrás foi lançado nas lojas o Starfinder Critical Hit Deck. É um deck com cinquenta e duas cartas que apresentam 4 efeitos diferentes - um efeito para cada tipo de dano: energia, cinético, magia ou explosão – para momentos de acerto crítico. São os mais variados e divertidos tipos de efeitos para infernizar monstros, adversários e os próprios jogadores (quando eles foram os alvos!).



Já o Starfinder Critical Fumble Deck foi anunciado para 9 de abril e já está disponível para pré-venda. Ele também possuirá 52 cartas e está direcionado às falhas críticas e erros que nossos jogadores ou adversários podem incorrer. Os efeitos vão de simples contratempos à calamidades de dar dó.


Ambos estão sendo vendidos ao valor de U$ 10,99 no site da Paizo encontra nos links: Starfinder Critical Hit Deck e Starfinder Critical Fumble Deck.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Dicas do Mestre: Criando plots relevantes



Dicas do Mestre
Criando plots relevantes

John Four, em um de seus emails inspiradores, debateu sobre como instigar os jogadores à plots ou quests sugeridas, principalmente quando o grupo tem um perfil mais conservador ou cuidadoso. Não há uma fórmula mirabolante ou grandes esquemas. Há apenas certo cuidado com a criação da narrativa.

Muitas vezes os Mestres criam uma linha histórica intrincada ou quests que o grupo de aventureiros “deve” seguir. Alguns grupos por características próprias racionalizam perigos, chances e dificuldades e simplesmente tangenciam a linha histórica estabelecida ou fogem de propostas feitas pelo mestre. Nesses casos alguns mestres simplesmente jogam a quest no colo dos jogadores de forma quase imposta. Mas nem todos os mestres gostam disso e alguns jogadores se desagradam disso. Ele dá dicas muito simples usando apenas a forma como apresentar suas quests

São três passos simples:

1. escolher o gancho;
2. torná-la relevante;
3. amarra-la ao passado/presente.

Primeiramente vamos escolher nossos ganchos, quatro, de forma bem aleatória. Pode parecer um bicho de sete cabeças, mas isso pode ser feito facilmente com apenas algumas linhas à serem apresentadas aos jogadores. Vamos à exemplos práticos para facilitar. Vou mostrar aqui alguns os ganchos que o próprio John usou tomando como base o gerador Town Rumors, do Campaign Logger e desenvolve-los. Isso mostra como qualquer coisa pode ser adaptada.

Vamos olhar nossas opções que foram apresentadas pelo gerador, opções bem genéricas.

1) Recentemente, um viajante com cicatrizes veio visitar o comerciante de roupas, que tem estado introvertido desde então.

2) Um grande bloco de calcário fica na praça da cidade. O nome do escultor está gravado nele, mas misteriosamente muda a cada ano e ninguém sabe por quê.

3) O corpo de um homem foi encontrado perto da loja do apanhador de ratos.

4) Um descendente do Cavaleiro Errante de [insira nome da região que precisa] se escondeu na cidade como estalajadeiro por muitos anos.

Temos aqui ganchos abertos e que podem ser modificados para ajudar os grupo a ingressar na sua linha de campanha. Vamos para a segunda etapa – torná-los relevantes. O que significa isso? Significa que os ganchos devem ser ou pessoais aos personagens ou à campanha. Algo que os fará investirem no plot. Normalmente usa-se a tática do ‘necessário à campanha’, sendo comum linkarmos necessidades dos jogadores na campanha à plots específicos já determinados para isso. É o famoso “a pedra que procuram foi vista em...” ou “o ladino que tem a informação curiosamente é o assassino de...’ e por aí vai. Isso é válido? Claro, mas por que não irmos além dessa fórmula?

Ao tornarmos o gancho pessoal damos à quest, e a campanha, uma nova camada. Saímos do senso comum e de certa forma impessoal de apenas obrigarmos os personagens a prosseguir, e passamos à eles a impressão de que precisam ir por opções próprias. Desta forma podemos reescrever os ganchos com pequenas modificações.

1) Recentemente, um viajante com cicatrizes veio visitar o comerciante de roupas, que tem estado introvertido desde então. O comerciante, um primo de [um dos personagem], tem informações que o grupo quer e agora é difícil fazer com que o comerciante se abra.

2) Um grande bloco de calcário fica na praça da cidade. O nome do escultor está gravado nele, mas misteriosamente muda a cada ano e ninguém sabe por quê. Este ano o nome de [um dos personagens] é mostrado na rocha. E há texto adicional embaixo, fornecendo uma pista e um aviso.

3) O corpo de um homem foi encontrado perto da loja do apanhador de ratos. O corpo está coberto de aranhas, fazendo o personagem, com fobia à aranhas recuar. O corpo tem pergaminho na boca.

4) Um descendente do Cavaleiro Errante de [insira nome da região que precisa] se escondeu na cidade como estalajadeiro por muitos anos. O estalajadeiro vem da mesma cultura ou tribo de [um ou vários dos personagens]. Ele compartilha rumores interessantes de eventos recentes da cidade.

Em cada um dos plots acrescentamos dois elementos curtos, mas significativos. Um deles é o que ligará o plot ao grupo, enquanto o outro é um direcionamento ao caminho que o mestre deseja ou precisa. O primeiro pode se valer desde o background de um dos jogadores ou de algum elemento anterior da campanha, desde que seja significativo e pessoal, tornando-se natural ao grupo ingressar nele. O segundo elemento normalmente estará ligado ao seguimento da campanha ou direcionamento que o mestre precisa/programou.


A última etapa é a ligação do plot ao gameplay. Esta pode ser a parte mais importante, mas não tão complicada, requerendo apenas cuidado e capricho. Esta ligação se dá quando conseguimos transformar o plot em consequência de ações anteriores do personagem citado nele ou do grupo.

1) Recentemente, um viajante com cicatrizes veio visitar o comerciante de roupas, que tem estado introvertido desde então. O comerciante, um primo de [um dos personagem], tem informações que o grupo quer e agora é difícil fazer com que o comerciante se abra. O viajante foi ‘marcado’ por um dos personagens na última sessão. O viajante quer de alguma maneira impedir a missão dos personagens.

2) Um grande bloco de calcário fica na praça da cidade. O nome do escultor está gravado nele, mas misteriosamente muda a cada ano e ninguém sabe por quê. Este ano o nome de [um dos personagens] é mostrado na rocha. E há texto adicional embaixo, fornecendo uma pista e um aviso. O personagem adquiriu uma pedra mágica como saque. Aquela pedra era um pedaço do bloco de pedra calcária. O escultor criou para um ente querido e agora precisa de ajuda.

3) O corpo de um homem foi encontrado perto da loja do apanhador de ratos. O corpo está coberto de aranhas, fazendo o personagem, com fobia à aranhas recuar. O corpo tem pergaminho na boca. O corpo era de um inimigo morto pelos personagens. A facção da vítima enviou um aviso neste pergaminho.

4) Um descendente do Cavaleiro Errante de [insira nome da região que precisa] se escondeu na cidade como estalajadeiro por muitos anos. O estalajadeiro vem da mesma cultura ou tribo de [um ou vários dos personagens]. Ele compartilha rumores interessantes de eventos recentes da cidade. Um dos rumores é de que chegou à cidade um grupo atrás do assassino de um NPC morto pelo grupo algumas semanas atrás e cuja única pista é de que o alvo seria dessa determinada região. Agora o estalajadeiro teme por sua vida.

Com esse pequeno exercício temos plots mais intimamente ligados aos personagens e que podem fazê-los ingressar no rumo desejado pelo mestre sem a necessidade de impormos nada. Isso é cem por cento garantido? Não, é claro que não. O RPG tem a maravilhosa característica de propiciar liberdade aos seus jogadores, mas é um subterfúgio à mais para dar cor e tempero à campanha, acrescentar mais elementos à história e possibilitar que os personagens dos jogadores se sintam mais inseridos no cenário.

Bons jogos!

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Cenários de RPG - 34


Cenários de RPG - 34

Então o grupo adentra uma taverna cuja principal diversão é uma arena de combate! Este cenário cairia como uma luva na maioria das campanhas e aventuras. Com boa parte das peças customizadas, ele é um incrível elemento para colocar em qualquer aventura tanto para momentos de ação e combate, quanto para interação entre os personagens e NPCs, ou mesmo um desafio dentro da arena em troca de informações. O trabalho é do americano Spinella e apresentou em sua conta do Instagram - Letsbuildd&D.



sábado, 5 de janeiro de 2019

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores 3ªed: Negi e Asuna (Magister Negi Magi)


Arquivo de Fichas – Mutantes e Malfeitores 3ªed
NEGI (Magister Negi Magi)
Ficha Negima 3ªed 01



NP 10

HABILIDADES
Força   0      Vitalidade     2    Agilidade      1    Destreza    1
Luta    5      Inteligência   2    Prontidão      1    Presença   1

PERÍCIA
Acrobacia 2 (+3), Combate à distância (Raios) 7 (+8), Combate corpo a corpo 3 (+8), Especialidade (professor de inglês) 6 (+8), Furtividade 4 (+5), Intuição 4 (+5), Percepção 4 (+5)

VANTAGENS
Ação em movimento, Ataque defensivo, Avaliação, Benefício (professor), Defesa aprimorada, Esforço extra, Iniciativa aprimorada, Inspirar 3, Interpor-se, Liderança, Potencial inexplorado, Tolerância maior, Trabalho em equipe.

PODERES
Dispositivo [Báculo] (Falha: Removível 2): Voo 34 pontos
Rapidez 4 (Falha: Limitado à tarefas físicas (-2)) • 1 pontos
Sentidos 2 (Detectar magia) • 2 pontos
Característica 1 (realização do Pactio) • 1 pontos
Característica melhorada (Agilidade) 7 • 7 pontos

Magias (descritor mágico):
Sagitta magica convergentia fulguralis (raios múltiplos mágicos convergidos) – Dano 10 (Extra: Distância aumentada/à distância, Acurado): EA: Sagitta mágica, series lucis (flechas mágicas) – Dano 8 (Extra: Distância aumentada/à distância, Multiataque); EA: Jovis tempestas fulguriens (raios múltiplos mágicos) – Dano 7 (Extra: Distância aumentada/à distância, Multiataque, Teleguiado) 32 pontos
Sagitta mágica, era capturae (bloquear ataques à distância) – Deflexão 8 (Extra: Redirecionar, Reflexo; Falha: Cansativo): EA: Deflexio (escudo) – Proteção 8 (Extra: Impenetrável 2) 17 pontos
Ôka hôken (golpe do kung fu com poder mágico)Dano 9 18 pontos
Age capiant (prender adversário) – Aflição 8 (Imóvel e Paralisado, Extra: Cumulativo, Distância aumentada/à distância, Resistência alternativa/Vontade; Falha: Grau limitado) 24 pontos
Evocatio valcyriarum (rajada de vento mágica) – Dano 5 [Extra: Distância aumentada/à distância, Área – cone] -  EA: Nebula hypnotica (neblina) – Aflição 5 (Cego – Extra: Área/Nuvem, Concentração, Falha: Grau Limitado 2 • 11 pontos

OFENSIVO
Iniciativa +5
Desarmado +8 – Corpo a corpo, Dano 0/9
Raios +8 – À distância, Dano 10
Raios +8 – À distância, Dano 8, Multiataque
Raios +8 – À distância, Dano 7, Multiataque, teleguiado
Raios +8 – À distância, Dano 5, Cone

DEFENSIVO
Esquiva   +8       Fortitude     +6
Aparar     +10     Resistência +10
Vontade +9

COMPLICAÇÕES
Motivação [Responsabilidade]: ter poderes mágicos é uma forma de deixar o mundo um lugar melhor.
Peculiaridade: ficar nervoso e estabanado perto de meninas.
Identidade: ser um mago é um segredo.
Perda de Poder: alguns de seus feitiços precisam de elemento vocal e gestual.
Preconceito: por ter 10 anos não é visto como professor.
Fama: Todos querem conhecer o “professor de apenas 10 anos”.
Responsabilidade: ser professor é a maior de suas tarefas.
Responsabilidade: Sua presença atrai problemas.
Relacionamento: protegerá e ajudará suas alunas haja o que houver.

Total: Habilidades 26 + Perícias 15 (30 graduações) + Vantagens 16 + Poderes 110 + Defesas 17 = 184 pontos

Ficha em PDF (2 versões)

   



O MANGÁ
Negima é um mangá criado por Ken Akamatsu (o mesmo autor de Love Hina) e lançado no Brasil pela JBC em 76 edições. Ele conta as aventuras de Negi Springfield - um mago recém formado em uma escola de magia na Inglaterra. Esta é uma realidade onde a magia e os seres sobrenaturais existem em grande escala, mas as pessoas comuns desconhecem. Com o término de seu curso de magia ele é enviado para o Japão para encerrar seu treinamento na forma de um estágio prático. Sua tarefa seria a de assumir o cargo de professor substituto da cadeira de inglês na Escola Mahora. Até aqui tudo bem. O problema (e a fonte das situações mais engraçadas) é que ele tem apenas 10 anos. E para completar, sua turma, assim como boa parte da escola, é composta apenas por meninas.


Negi, o personagem principal é um Magister Magi (traduzindo seria algo como um professor mago). Assim o nome do manga Magister Negi Magi significaria – Negi, o professor mago. Ele é apenas uma criança, mas com um futuro promissor. Com o término de seu curso de magia ele tem um conhecimento básico apenas. Mas o fato de ser filho daquele que é considerado o maior de todos os magos do mundo e de supostamente seu pai estar morto o faz treinar muito tentando provar para si mesmo o seu potencial. Ele é um ótimo professor apesar dos apenas dez anos de idade e encara sua atividade com extremo rigor e responsabilidade. Além disso, durante as primeiras quinze edições treinou a maioria da artes marciais tendo uma evolução considerável em muitas delas.


Outro elemento muito importante neste universo são os Minister Magi (seguidores do mago). Eles funcionam como um apoio de força mais bruta ao mago. Eles recebem este desígnio quando realizam um ritual chamado Pactio. Eles têm o dever de proteger o Mago, ajudando seu parceiro em todas as situações. Em contrapartida, a aquisição de um Minister Magi fortalece o mago melhorando seus atributos físicos – força, constituição e velocidade – e seu poder mágico. Os Minister Magi igualmente ganham poderes especiais com o pacto, melhorias em suas habilidades conforme suas características próprias e um (ou mais) instrumento mágico único para cada um. Existem dois tipos de pactos – provisórios e definitivo. Como Negi, nas histórias do mangá, é uma criança, ele pode firmar quantos pactos provisórios ele desejar. O pacto definitivo será firmado apenas quando ele tornar-se adulto. Quando o pacto é firmado uma carta é magicamente criada como uma prova da aliança. Esta carta serve para transformar seu parceiro no Minister Magi. Além disso, ela serve como um instrumento de comunicação entre o Mago e seu parceiro. O mago pode acumular Ministers Magi. Para cada Minister convocado ele acumula os benefício de sua convocação.  

Nota: Primeiramente, a ficha de Negi foi pensada levando em consideração a primeira metade das edições. Além disso, Em termos de jogo cada Minister Magi convocado por Negi lhe concederia os seguintes bônus: +2 Força, +1 Destreza, +2 Vitalidade, +2 Agilidade, +1 Resistência, +1 Fortitude e +1 graduações em cada poder mágico. Eu decidi por não colocar isso na ficha por deixa-la muito desbalanceada, ficando à critério do mestre usar isso ou não. 

AS MAGIAS
A maioria das magias que o Negi realiza iniciam proferindo Ras Tel Ma Scir Magister. Essa expressão funciona como uma introdução à uma magia a ser realizada. Depois disso há um complemento que seria a magia propriamente dita. Por exemplo: Ras Tel Ma Scir Magister Sagitta Magica, ativaria a magia de ‘Flecha Mágica’. Neste manga temos uma enormidade de termos que designariam uma outra enormidade de variedades de magias possíveis.



ASUNA
Ficha Negima 3ªed 02


NP 10

HABILIDADES
Força   0/4  Vitalidade     2/8  Agilidade     2/7  Destreza    1
Luta    5/7  Inteligência   1      Prontidão    1      Presença   3

PERÍCIA
Acrobacia 4 (+6/+11), Atletismo 2 (+2/+6), Intimidação 4 (+7), Intuição 3 (+4), Persuasão 5 (+6)

VANTAGENS
Ação em movimento, Ataque acurado, Ataque corpo a corpo 3, Ataque preciso 2, Atraente, Defesa aprimorada, Esforço supremo, Rolamento defensivo, Zombar.

PODERES
Pactio Minister Magi
Dispositivo Espada (Falha: Removível 3) Dano 4 (Extra: Penetrante 3), Deflexão 4 (Extra: Redirecionar), Característica 1 (Invocar dizendo Adeat) 13 pontos
Dispositivo Harisen (Falha: Removível 2) Escudo 8, Característica 1 (Invocar dizendo Adeat) 7 pontos
Rapidez 4 (Falha: Limitado à tarefas físicas (-2)) 1 pontos
Característica ampliada (Força) 4 8 pontos
Característica ampliada (Vitalidade) 6 12 pontos
Característica ampliada (Agilidade) 5 5 pontos
Característica ampliada (Luta) 2 4pontos

OFENSIVO
Iniciativa +2/+5
Desarmado +10 – Corpo a corpo, Dano 4
Espada +10 – Corpo a corpo, Dano 8 (Penetrante 3)

DEFENSIVO
Esquiva   +3/8   Fortitude     +4/+10
Aparar     +6/8   Resistência +3/+9
Vontade +1         (*Rolamento defensivo 1)

COMPLICAÇÕES
Motivação [Justiça]: não suporta presenciar injustiças.
Segredo: Asuna tem um passado obscuro com relação à morte de seus pais.
Perda de Poder: Ela só tem acesso aos poderes quando convocada por Negi.
Relacionamento: é apaixonada pelo professor Takahata.
Relacionamento: também tem sentimentos fortes por Negi.
Rivalidade: é rival de Ayaka Yukihiro, a Representante da turma.
Responsabilidade: sente-se responsável por Negi.
Reputação: membro das Baka Rangers.

Total: Habilidades 28 + Perícias 9 (18 graduações) + Vantagens 13 + Poderes 47 + Defesas 13 = 110 pontos

Ficha em PDF (2 versões)

    


Asuna é uma das protagonistas junto de Negi. Ela foi a primeira a firmar o Pactio e tornar-se uma Minister Magi para Negi, quando foram enfrentar Evangeline pela primeira vez. Seu foco, como de todas as outras ‘companions’ de um Magister Magi é ser seu suporte, a carta na manga do mago, para combates. Normalmente eles ou dão cobertura para o mago ou servem como uma segunda frente de combate. A arma principal de Asuna é a espada, mas ela pode trocar pelo Harisen quando precisa de mais defesa. Tanto a espada quanto o harisen podem ser invocados por ela dizendo Adeat, e guardados pronunciando Abeat.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Novidades chegando para Starfinder e Pathfinder


Novidades chegando para
Starfinder e Pathfinder


Novo ano começando e material novo de Stafinder e Pathfinder chegando também. O novo arco de Stafinder Adventure Path intitulado Dawn of Flame está se iniciando com o Starfinder Adventure Path #13: Fire Starters. Neste arco um portal mágico para o Plano do Fogo  desaparece no sol. Uma explosão telepática avassaladora vinda do sol rapidamente se segue, e um cientista recruta os heróis para ajudá-lo a descobrir o que está acontecendo. A missão leva os heróis para o Burning Archipelago, uma cidade-bolha na atmosfera do sol, e Asanatown, o enclave Lashunta, para se encontrarem com outro cientista que pode ajudar. Antes que essa reunião possa acontecer, no entanto, o recente distúrbio psíquico atua de forma radical sobre os telepaticamente sensíveis lashunta, deixando a Asanatown fechada do resto da cidade solar. Presos, os heróis devem resgatar seu contato e devolver o poder às autoridades competentes para escapar.

Este é a primeira de seis partes que comporão este arco. Esta aventura é feita para personagens de 1º nível, criação de James L. Sutter e será lançado em 27 de fevereiro (link). Se deseja conhecer mais sobre os Starfinder Adventure Paths acesse AQUI!


Para Starfinder temos ainda algo que muito me interessa – o Starfinder Pawns: Alien Archive 2 Pawn Box. São mais de 300 fichas (pawns) representando monstros e espaçonaves (12) para que sua mesa fique prefeita para suas aventuras. Como o nome já indica, essas fichas representam os monstros lançados no Alien Archive 2 e são feitas de cartolina resistente para serem anexadas em bases plásticas. O lançamento está marcado para 27 de fevereiro (link). No conjunto temos:

Criaturas pequenas

Asteroid Louse (6)                         Azata, Tritidair (4)
Bodysnatcher Slime (3)                Comet Wasp Swarm (4)
Ghoran World-Tamer (4)               Ghost I (1)
Gremlin, Computer Glitch (4)       Gremlin, Ship Glitch (4)
Herd Animal, Small (6)                 Khefak (6)
Predator, Small (6)                        Solar Wisp, Mature (1)
Squox (4)                                      Squox, Trained (4)
Warpmoth Swarm (8)                  


Criaturas médias

Aeon, Tekhoinos (4)                      Akata (5)
Anacite Ambassador (2)                Bodysnatcher Autocrat (2)
Bolida Miner (4)                            Bolida Overseer (2)
Bone Trooper Captain (2)             Bone Trooper Technomancer (3)
Cerebric Fungus (5)                      Cerebric Fungus Voyager (3)
Corpsefolk Marine (5)                   Corpsefolk Operative (4)
Damai (5)                                      Damai Guardian (2)
Demon, Pluprex (3)                       Dinosaur, Dromaeosaurid (6)
Embri (4)                                      Embri Speaker (2)
Emotivore (4)                                Emotivore Mastermind (2)
Formian Taskmaster (2)                Garaggakal (1)
Ghoran Flora-Shaper (2)              Ghost II (1)
Ghoul (5)                                      Ghoul Shock Trooper (4)
Herd Animal, Medium (6)             Hobgoblin Lieutenant (2)
Hobgoblin Trooper (5)                   Khefak, Thasteron (4)
Mi-Go (4)                                      Mi-Go High Priest (2)
Oni, Ja Noi (4)                              Oni, Kanabo Commando (4)
Orc Technician (5)                        Orc Trooper (5)
Osharu (4)                                    Osharu Headteacher (2)
Pahtra Inquisitive (3)                    Pahtra Stalker (3)
Phentomite (4)                              Phentomite Bridger (2)
Planar Scion, Aasimar (2)             Planar Scion, Tiefling (2)
Predator, Medium (6)                    Prexian Mutantspawn (4)
Quorlu (4)                                     Quorlu Sapper (2)
Ravai (2)                                       Robot, Assassin (3)
Swarm Mindreaper (2)                  Tashtari (6)
Tashtari Alpha (2)                         Velstrac, Anchorite (5)
Vlaka Handler (3)                         Vlaka Tracker (3)
Void Zombie (5)


Criaturas Grandes

Anacite Predator Drone (2)      Arquand Gazelle (3)
Bear Avenger, Uplifted (2)       Bear Constellate, Uplifted (2)
Calecor (1)                               Devil, Warmonger (3)
Dinosaur, Pterosaur (3)           Dreamer (2)
Dust Manta (3)                        Formian Myrmarch (2)
Garaggakal Polymath (1)         Golem, Cybernetic (2)
Golem, Nanotech (2)                Haeshi-Shaa (1)
Hashukayak I (2)                     Hashukayak II (3)
Herd Animal, Large (3)            Necropede (3)
Nyssholora, Juvenile (3)          Predator, Large (3)
Shotalashu (2)                        Shotalashu, Feral (2)
Trox (3)                                   Trox Defensor (2)


Criaturas Enormes      

Colour Out Of Space (1)          Dinosaur, Ceratopsid (2)
Dinosaur, Plesiosaur (2)          Dinosaur, Thyreophoran (2)
Dragon, Adult Silver (1)          Dust Manta Monarch (1)
Giant, Moon (2)                       Herd Animal, Huge (2)
Moonflower (2)                        Nyssholora, Adult (2)
Planetoid Beetle (2)                 Predator, Huge (2)
Robot, Siege (2)                       Shantak (2)
Shipmind (1)                           Solar Wisp, Juvenile (1)


Espaçonaves

Dominion Seeder (2)               Stellar Protozoa (2)
Swarm Dreadlancer (2)           Velstrac Corvette (2)
Vermelith (2)                           Vermelith Starship (2)


Passando agora para a linha Pathfinder teremos o lançamento do Pathfinder Adventure Path #139: The Dead Roads, o primeiro volume (de seis) do arco Tyrant’s Grasp. Aventura para personagens de 1º, ela coloca os personagens aprisionados em um cemitério após um cataclisma, um semiplano onde as almas são julgadas após a morte - mas vocês ainda não morreram! Como escapar? O lançamento será em 27 de fevereiro (link). Se deseja conhecer mais sobre os Pathfidner Adventure Paths acesse AQUI!


Como normalmente acontece com todos os arcos do Pathfinder Adventure Path, a Paizo lança também em fevereiro o Pathfinder Campaign Setting: Return of the Runelords Poster Map Folio. Um volume incrível com a cartografia em tamanho pôster retratando os dois centros urbanos retratados no arco (Roderic) e um terceiro mapa com Thassilon. O lançamento está marcado para 27 de fevereiro (link).